Temporada repleta de pódios levou Pérez para McLaren

Mexicano conquistou dois segundos e um terceiro lugar em 2012 e chamou atenção das grandes equipes da F1

iG São Paulo | - Atualizada às

Sergio Pérez foi anunciado nesta sexta-feira (28) como novo piloto da McLaren para 2013, no lugar de Lewis Hamilton . Os três pódios conquistados pelo mexicano na atual temporada tiveram papel-chave na transferência. Já na segunda prova do ano, na Malásia, o jovem de 22 anos mostrou talento em uma corrida chuvosa e conturbada e terminou na segunda colocação. Ele esteve perto até de vencer o GP, mas um pequeno erro no fim o impediu de alcançar Fernando Alonso .

Leia também: Hamilton vai para vaga de Schumacher e é substituído por Pérez

A partir dali, seu nome começou a ser cotado para as grandes equipes, principalmente para a Ferrari, para o lugar do contestado Felipe Massa. Depois de uma sequência de corridas sem pontos, Pérez voltou a ir bem no Canadá , quando terminou na terceira colocação após largar em 15º. Seu último pódio aconteceu no GP da Itália , em Monza, com um segundo lugar. Ao todo, o mexicano tem 66 pontos na temporada, 31 a mais que seu companheiro de Sauber, o japonês Kamui Kobayashi.

Deixe seu recado e comente esta notícia com outros leitores

Pérez entrou para a Fórmula 1 em 2011, graças ao apoio milionário de Carlos Slim, um dos homens mais ricos do mundo. Mas, em seu ano de estreia, não conseguiu tantos resultados significativos. Sua melhor prova aconteceu na Grã-Bretanha, quando terminou na sétima colocação. Com uma temporada a mais de experiência e com um carro melhor, no entanto, se destacou e agora consegue um contrato com uma das grandes equipes do grid.

Trajetória até a Fórmula 1

A trajetória Pérez no automobilismo teve início há 16 anos. Ele começou a competir no kart com apenas seis anos, em 1996, e já em seu primeiro ano foi vice-campeão nacional em sua categoria.

Cinco ano mais tarde, o piloto passou a disputar e vencer provas nos Estados Unidos. Foi em 2004 que se consolidou a parceria com a Telmex, gigante mexicana de telecomunicações do bilionário Carlos Slim. Aquele foi o último ano em que Pérez competiu em terras norte-americanas e teve seu primeiro contato com monopostos, na National Formula Skip Barber.

Siga o iG Automobilismo no Twitter 

No ano seguinte, deu um importante passo em sua carreira ao estrear na Fórmula BMW alemã, passando na sequência pela F3 britânica. Pérez ficou ainda mais próximo de realizar seu sonho de correr na F1 quando foi contratado pela equipe Barwa para disputar a GP2 asiática em 2009 e, no mesmo ano, mudar para a Arden para correr as provas europeias da GP2. Em 2010, foi vice-campeão da GP2 e, com grande ajuda de seu patrocínio, fechou acordo para correr pela Sauber na Fórmula 1 a partir de 2011.

Leia tudo sobre: Sergio PérezLewis HamiltonFórmula 1F1Sauber

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG