Schumacher pode se aposentar pela segunda vez da F1

Piloto alemão não teve seu contrato renovado com a equipe Mercedes, que já assinou com Lewis Hamilton

Gazeta |

Michael Schumacher pode estar próximo de sua segunda aposentadoria na Fórmula 1, pois após três anos na Mercedes, a equipe não renovou seu contrato, e anunciou Lewis Hamilton para 2013 . O alemão evitou falar sobre o assunto, mas disse que deseja boa sorte ao inglês em sua nova equipe.

Leia também:  Hamilton assume vaga de Schumacher na Mercedes e é substituído por Pérez

"Eu tive três anos bons com a equipe, mas que infelizmente não foram tão bem quanto todos nós esperávamos no lado esportivo. Desejo boa sorte ao Lewis e para todos, e que alcancem o sucesso pelo qual trabalhamos tão duro para conseguir", disse.

Após a saída de Hamilton, a McLaren foi rápida e já acertou com Sérgio Perez para a próxima temporada . Desta forma, a vaga que está em aberto para o próximo ano é a do mexicano na Sauber, tornando-se uma possibilidade para a entrada de Schumacher, que diz estar apenas concentrado para as últimas corridas de 2012.

"Eu gostaria de agradecer ao time pela confiança e aos rapazes pelo seu comprometimento incondicional. Vou agora me concentrar nas próximas corridas", completou Schumacher.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros leitores

Fruto da escola de pilotos da Ferrari, Pérez era o mais cotado para substituir Felipe Massa caso o brasileiro não renovasse o seu contrato com a escuderia italiana. Com o acerto do mexicano com a McLaren, e se Massa não permanecer em sua atual equipe, há uma remota possibilidade de Schumacher retornar a sua “velha casa”.

O alemão se aposentou da Fórmula 1 em 2006, com sete títulos mundiais na carreira, cinco deles conquistados pela Ferrari. Após três temporadas distante da pista, o heptacampeão retornou à principal categoria do automobilismo a convite do chefe da equipe Mercedes, Ross Brawn. No entanto, o alemão não teve uma boa atuação, sendo sua melhor posição alcançada em três anos o terceiro lugar no GP da Europa deste ano.

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG