Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google

Após testes com Force India, Razia diz que é cedo para pensar na Fórmula 1

Vice-líder da GP2, com duas corridas para o fim do campeonato, promessa brasileira afirma que está focado nas últimas duas corridas da temporada da categoria

iG São Paulo | - Atualizada às

Divulgação / Force India
Razia se prepara para testar pela Force India

O brasileiro Luiz Razia vive um momento importante em sua carreira. É o vice-líder da GP2, atrás do italiano Davide Valsecchi, com duas corridas para o fim do campeonato, e acaba de  participar do Teste para Jovens Pilotos da F1 pela equipe Force India . Mesmo com a possibilidade de correr pela principal categoria do automobilismo na próxima temporada, o brasileiro disse nesta quarta-feira (12) que ainda não pensa em 2013. Seu foco é o fim desta temporada e a conquista do titulo da GP2.

Leia também: Trocas em Ferrari, McLaren e Mercedes podem mudar cara da F1 em 2013

O piloto de 23 anos, que fez sua estreia na GP2 em 2008, disse que ainda não tem planos definitivos para a próxima temporada. "É muito cedo para dizer qualquer coisa, se vou conseguir ou não uma vaga na F1 ou se faço mais uma temporada na GP2. Não há nada definido. Não estou pensando nisso agora, na verdade. Meu foco é a GP2”, disse Razia. O brasileiro já havia participado do Teste para Jovens Pilotos no ano passado.

Deixe seu recado e comente esta notícia com outros leitores

O brasileiro contou sobre a experiência de voltar a guiar um F1. "Toda vez que eu entro em um carro de Fórmula 1 eu estou animado. Esta oportunidade vem na hora certa", disse Razia ao site Autosport . "Eu tenho feito um bom trabalho na GP2 e há ainda uma rodada com duas provas para a decisão, em Cingapura. O teste é apenas um bônus de fim de ano".

Razia, que foi o segundo mais rápido no primeiro dia de testes na França, atrás de Jules Bianchi, da Ferrari, admitiu estar feliz com o seu trabalho durante o dia, mesmo admitindo que uma única sessão não é suficiente para se acostumar com o carro. "Foi um dia muito bom. Obviamente, há muito que aprender, com o DRS e os KERS. Obviamente um dia não é suficiente. Mas eu estou muito feliz com os resultados”, finalizou.

Leia tudo sobre: Luiz RaziaF1Force India

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG