Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google

Raikkonen é uma ameaça perigosa ao título de Alonso, diz chefe da Ferrari

Domenicali afirma que finlandês, ao lado de Hamilton, pode complicar vida do espanhol no campeonato e vê Mundial de Construtores ainda indefinido

iG São Paulo |

Após ser o terceiro colocado no Grande Prêmio da Itália do último domingo (9), o espanhol Fernando Alonso aumentou sua vantagem na liderança do Mundial de Pilotos. Agora, o vice-líder é Lewis Hamilton, que venceu a prova em Monza e está 37 pontos atrás do ferrarista.

Leia também: Primeiro título de Fittipaldi na F1 completa 40 anos

A escuderia de Maranello, porém, também destaca o finlandês Kimi Raikkonen, que está um ponto atrás de Hamilton. Perguntado sobre as reais ameaças ao título de Alonso, Stefano Domenicali, chefe da Ferrari, citou o piloto da Lotus. “Eu tenho de respeitar todos os pilotos. Sempre disse que Kimi é um piloto perigoso, e está chegando cada vez mais perto”, comentou. Raikkonen ainda não venceu na temporada, mas já subiu seis vezes ao pódio.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros leitores

De acordo com Domenicali, a batalha ainda pode apresentar novidades. “Hamilton, com o carro que tem agora, é muito, muito forte e vimos nas últimas corridas que tudo pode acontecer. Então todos os pilotos que estão entre os cinco ou seis primeiros devem ser levados a sério”.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Sobre o Mundial de Construtores , o dirigente afirmou que os abandonos dos carros da Red Bull em Monza podem ajudar a Ferrari. “Tenho a dizer por nós que, por causa dos abandonos da Red Bull, o Mundial de Construtores é difícil, mas ainda está aberto para as quatro primeiras equipes”, explicou. A Ferrari está na terceira posição, 46 pontos atrás da Red Bull.

Leia tudo sobre: Fórmula 1F1Kimi RaikkonenLotusFerrariStefano Domenicali

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG