Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google

Hamilton confirma domínio e faz a pole position do GP da Itália. Massa é 3º

Brasileiro da Ferrari é melhor que Alonso pela primeira vez no ano e consegue seu melhor grid da temporada. Bruno Senna fica em 13º

iG São Paulo | - Atualizada às

O domínio de Lewis Hamilton nos treinos livres em Monza se confirmou na definição do grid de largada neste sábado (8). O britânico da McLaren foi o melhor do classificatório e vai largar na pole position do Grande Prêmio da Itália, comandando a dobradinha da McLaren, com Jenson Button em segundo.

Felipe Massa conquistou sua melhor posição de largada no ano , batendo seu companheiro Fernando Alonso pela primeira vez na temporada. O brasileiro vai largar em terceiro em Monza , enquanto o espanhol fez apenas o décimo tempo no Q3 após ter problemas mecânicos no carro.

Leia também: Em terceiro, Massa conquista seu melhor grid desde junho de 2011

Paul di Resta fez o quarto tempo, mas, como foi punido por trocar o câmbio de sua Force India, perdeu cinco posições e vai largar em nono. O quarto do grid será Michael Schumacher. Sebastian Vettel vai começar a prova em quinto, à frente de Nico Rosberg. Kimi Raikkonen larga em sétimo, seguido por Kamui Kobayashi, da Sauber.

Q1: Hulkenberg tem problemas no carro e vai largar em último

Dos sete pilotos que são eliminados na primeira parte do treino, seis foram de Caterham, Marussia e HRT. A novidade entre eles foi a presença de Nico Hulkenberg, da Force India. O piloto alemão teve problemas no carro, parou logo em sua primeira volta, ficou sem tempo marcado e vai largar da última posição.

Sem a ameaça de ficar de fora da segunda parte do treino, a maioria dos pilotos teve a possibilidade de poupar pneus para o Q2 depois que estabeleceram seus tempos.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros leitores

Q2: Bruno Senna e Mark Webber ficam fora do Q3

Mais uma vez na temporada, Senna não conseguiu tempo para passar para a disputa final pela pole. O brasileiro da Williams ficou com o 14º tempo, mas vai largar da 13ª posição por causa da punição de dez posições no grid de Maldonado, seu companheiro. O venezuelano também foi eliminado e vai largar em 22º.

Além deles, Mark Webber também ficou pelo caminho no Q2. O australiano da Red Bull vai largar da 11ª posição, à frente do mexicano Sergio Pérez. Daniel Ricciardo vai sair em 14º com a Toro Rosso, à frente do belga Jérome D'Ambrosio, que substitui Romain Grosjean na Lotus neste fim de semana. Jean-Éric Vergne também foi eliminado nesta fase e vai largar em 16º no domingo. Quem se salvou no fim foi Vettel, que com uma volta nos últimos minutos se classificou para a disputa pela pole.

Q3: Hamilton sobra e faz a pole position na dobradinha da McLaren

A disputa pela pole position começou com os dois carros de Ferrari, McLaren e Mercedes, além de Di Resta, Kobayashi, Vettel e Raikkonen. Hamilton conseguiu o melhor tempo e vai largar na frente de Button, seu companheiro. Button tirou Massa da segunda posição nos instantes finais de treino e deixou o brasileiro em terceiro, sua melhor posição de largada no ano.

Esta será a primeira vez no ano em que Massa vai largar na frente de Alonso : o espanhol fez apenas o décimo tempo do Q3. Paul di Resta cravou a quarta melhor volta, mas vai largar em nono por causa da punição que levou. Schumacher é quem vai largar em quarto, completando a segunda fila ao lado de Massa. Vettel vai largar em quinto, à frente de Rosberg. A quarta fila será composta por Raikkonen e Kobayashi.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

O Grande Prêmio da Itália é a 13ª etapa do Mundial de Fórmula 1 e será realizado no domingo (9), às 9 horas (de Brasília).

Confira como ficou o grid de largada para o GP da Itália:

1 – Lewis Hamilton (GBR) - McLaren – 1min24s010
2 – Jenson Button (GBR) - McLaren – 1min24s133
3 – Felipe Massa (BRA) - Ferrari – 1min24s247
4 – Michael Schumacher (ALE) - Mercedes – 1min24s540
5 – Sebastian Vettel (ALE) - Red Bull – 1min24s802
6 – Nico Rosberg (ALE) - Mercedes – 1min24s833
7 – Kimi Raikkonen (FIN) - Lotus – 1min24s855
8 – Kamui Kobayashi (JAP) - Sauber – 1min25s109
9 – Paul di Resta (GBR) – Force India – 1min24s304*
10 – Fernando Alonso (ESP) - Ferrari – 1min25s678
11 – Mark Webber (AUS) - Red Bull – 1min24s809
12 – Sergio Pérez (MEX) - Sauber – 1min24s901
13 – Bruno Senna (BRA) - Williams – 1min25s042
14 – Daniel Ricciardo (AUS) - Toro Rosso – 1min25s312
15 – Jérôme D’Ambrosio (BEL) - Lotus – 1min25s408
16 – Jean-Éric Vergne (FRA) - Toro Rosso – 1min25s441
17 – Heikki Kovalainen (FIN) - Caterham – 1min26s382
18 – Vitaly Petrov (RUS) - Caterham – 1min26s887
19 – Timo Glock (ALE) - Marussia – 1min27s039
20 – Charles Pic (FRA) - Marussia – 1min27s073
21 – Narain Karthikeyan (IND) – HRT – 1min27s441
22 – Pastor Maldonado (VEN) - Williams – 1min24s820**
23 – Pedro de la Rosa (ESP) – HRT – 1min27s629
24 – Nico Hulkenberg (ALE) - Force India – Sem Tempo

* Perdeu cinco posições no grid por trocar a caixa de câmbio
** Perdeu dez posições no grid por punições levadas no GP da Bélgica

Leia tudo sobre: Fórmula 1F1Treino ClassificatórioGP da ItáliaMonza

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG