Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google

Alonso lamenta acidente e espera que sorte volte para a Ferrari

Espanhol deixou a corrida da Bélgica após batida na largada e viu sua vantagem na liderança do campeonato diminuir

Gazeta |

O espanhol Fernando Alonso foi o principal prejudicado pelo acidente na largada do Grande Prêmio da Bélgica , no último domingo (2). O piloto da Ferrari foi atingido junto com Sérgio Pérez e Kamui Kobayashi depois que Romain Grosjean bateu em Lewis Hamilton, e acabou de fora da 12ª etapa da temporada.

Leia também: F1 volta a cogitar cockpit fechado após acidente na Bélgica

"O que aconteceu foi realmente uma pena. Acho que poderíamos ter saído daqui com um pódio, que era o meu objetivo principal. Nós pagamos um preço alto demais por essa falta de sorte e agora a sorte precisa voltar a estar ao nosso lado", declarou.

De fora, o líder do campeonato viu a diferença de pontos em relação ao vice Sebastian Vettel, da Red Bull, segundo colocado na prova, diminuir para 24 pontos . Além de Mark Webber, da Red Bull, e Kimi Raikkonen, da Lotus, que também pontuaram.

Deixe seu recado e comente esta notícia com outros leitores 

"Nós tivemos uma perda da vantagem que tínhamos para Vettel, Raikkonen e Webber, mas não perdemos nada em relação a Hamilton, que, diante do rendimento da McLaren, é possivelmente o nosso adversário mais perigoso", avaliou o espanhol.

Passadas as infelicidades em Spa-Francorchamps, Alonso volta as suas atenções para a próxima etapa da competição, que acontece na Itália, no próximo dia 9, no Grande Prêmio de Monza, considerado a casa da equipe Ferrari.

Siga o iG Automobilismo no Twitter 

"Agora, vamos para Monza, que é a nossa corrida caseira e onde os torcedores são mais fanáticos. A meta é tentar tirar alguma vantagem dos adversários e minimizar as perdas que tivemos aqui", concluiu.

Leia tudo sobre: Fernando AlonsoFerrariMonzaAcidenteFórmula 1F1

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG