Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google

Massa minimiza pressão por resultados e confia em chance de continuar na Ferrari

Piloto diz que precisa melhorar junto com a equipe para a segunda parte do campeonato, mas afirma que já passou por pressões piores na carreira

iG São Paulo |

A nove corridas do fim de seu contrato com a Ferrari, Felipe Massa ainda não sabe se vai continuar na escuderia italiana em 2013. O brasileiro terá de mostrar resultados para continuar na equipe , mas confia que tem chance de ficar na equipe de Maranello por mais um ano.

Leia também: Massa pode dar prejuízo de 50 milhões de reais à Ferrari

“Estou confiante, tenho uma chance de continuar na Ferrari. Enquanto não se assina o contrato não há nada garantido”, comentou em entrevista ao programa Globo Esporte .

Massa afirmou que precisa melhorar com a ajuda da equipe, mas que a pressão por resultados continua a mesma. “Eu e a equipe precisamos melhorar. É importante trabalhar para o carro melhorar, mas nada mudou. No começo do campeonato era igual, as corridas sempre importam para o futuro, o resultado é o que mais interessa no final”.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros leitores

“Estou preocupado no meu resultado e acredito muito naquilo que sou capaz de fazer e já provei muitas vezes, e vamos pra dentro do carro para conseguir continuar lá no ano que vem”, comentou.

Massa também falou sobre a pressão por resultados para conseguir a renovação. “Já tive momentos mais difíceis. Antes da F1, se não ganhasse uma corrida não ia ter dinheiro pra correr a próxima, acabaria ali minha carreira. Na Sauber, no início da carreira eu fui mandado embora e fui ser piloto de testes, daí tive a chance de voltar a guiar. Na minha carreira sempre passei por momentos difíceis".

Siga o iG Automobilismo no Twitter

O piloto afirmou que chegou a pensar que seus resultados pioraram depois de seu acidente de 2009, mas que exames médicos descartaram qualquer tipo de sequela. “Já pensei nisso, tive momentos difíceis depois do acidente. Fui analisar, fui fazer o impossível para descobrir se tinha afetado algo na minha cabeça, mas todos os médicos me deram 100% de perfeição daquilo que eu tinha antes. Continuo o mesmo. Se você fica um tempo sem vencer não ajuda no lado psicológico, mas acho que estou bem”, concluiu. Em busca de sua renovação, Massa voltará à pista no dia 2 de setembro, no GP da Bélgica.

Leia tudo sobre: Fórmula 1F1Felipe MassaFerrari

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG