Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google

Ecclestone afirma que GP da Turquia pode voltar ao calendário da F1

Chefe da categoria diz que estava “feliz” com a prova no local, mas precisa resolver problemas para acertar o retorno

Agência Estado |

Agência Estado

O chefe da Fórmula 1 , Bernie Ecclestone, afirmou que a cidade de Istambul poderá retornar ao calendário da maior categoria do automobilismo, que não conta mais com o GP da Turquia entre as 20 corridas desta temporada.

Leia também: Confira em fotos a evolução da Ferrari na Fórmula 1

O dirigente falou sobre essa possibilidade em entrevista publicada nesta quarta-feira (15) pelo jornal turco Haber Turk , na qual enfatizou que as equipes e a organização da F1 estavam "felizes" com a Turquia. Porém, após entrar no calendário da F1 em 2005, a corrida passou a sofrer com pequena presença de público por causa de ingressos caros e pela dificuldade de acesso ao local da prova.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros leitores

Com isso, o GP da Turquia deixou o calendário da F1 a partir deste ano, quando os turcos e a organização da F1 não conseguiram chegar a um acordo financeiro para que a corrida pudesse ser mantida no calendário da categoria. “Se pudermos resolver este problema, a Turquia pode retornar ao calendário da F1", disse Ecclestone ao jornal.

Siga o iGAutomobilismo no Twitter

No ano passado, o país foi palco da quarta etapa do Mundial, vencida pelo alemão Sebastian Vettel, da Red Bull.

Leia tudo sobre: Fórmula 1F1GP da TurquiaBernie Ecclestone

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG