Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google

Chefe da McLaren descarta concorrer à reeleição na Associação de Equipes da F1

Martin Whitmarsh está há três anos no comando da Fota, mas não vai continuar na presidência da Associação

iG São Paulo | - Atualizada às

Há três anos na presidência da Fota (Associação das Equipes da Fórmula 1), Martin Whitmarsh não está disposto a continuar no comando da Associação. Eleito em 2009, o chefe da McLaren passaria apenas 12 meses no cargo, mas seu mandato foi prolongado. Whitmarsh, porém, descartou concorrer à reeleição no fim deste ano.

Leia também: Webber pode salvar o último grande recorde de Senna

“Eu não seria voluntário para isso. Acho que três anos é o bastante. Será saudável se outra pessoa o fizer agora. Cabe às equipes decidirem isso”, declarou o dirigente ao site britânico Autosport .

Deixe seu recado e comente a notícia com outros leitores

O chefe, porém, afirmou que seguirá presente nos assuntos da Associação. “Me preocupo com a Fórmula 1 em qualquer cargo que ocupe. A McLaren tem sido uma participante muito boa no esporte. Nós (Fota), tentamos ser uma força dinâmica e estabilizadora, que tenta entender os problemas de todos. Vamos continuar a tentar isso. Mas é justo que outra pessoa tente”, confirmou.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Atualmente, o vice-presidente da Fota é Eric Boullier, chefe da Lotus. Whitmarsh afirma que o francês é um bom nome para a vaga, ao lado de Ross Brawn, chefe da Mercedes. Criada em 2008, a Associação passou por problemas e foi abandonada por algumas equipes. Ferrari, Red Bull, Toro Rosso, Sauber e HRT não fazem mais parte do grupo.


Leia tudo sobre: Fórmula 1F1FotaMartin WhitmarshMcLaren

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG