Após desempenho abaixo do esperado, diretor técnico afirma que equipe está preparando atualizações especiais para Spa e Monza

Após alguns erros na orientação do desenvolvimento de seus bólidos nas últimas provas, Pat Fry, chefe-técnico da Ferrari, espera que a escuderia italiana consiga recuperar o terreno perdido no GP da Hungria e inicie a segunda parte da temporada 2012 da F1 com força. Depois de uma dura pré-temporada, a Ferrari teve uma impressionante recuperação, permitindo que Fernando Alonso vencesse três corridas e estabelecesse uma confortável liderança no campeonato.

Leia também:   Coulthard faz demonstração com carro da Red Bull nas ruas de Copenhague

Entretanto, após o GP da Hungria , onde foi apenas quinto, Fernando Alonso assumiu que as mais recentes atualizações da Ferrari não tinham sido bem sucedidas. Fry reconheceu isso, mas disse que a Ferrari aprendeu com o erro. "É verdade que tivemos um punhado de peças que não funcionam da maneira que esperávamos", disse ao site oficial da Ferrari, nesta segunda-feira (6). "Há sempre a possibilidade de fracasso. O aspecto positivo é que entendemos o problema e tudo está bem agora. Dessa forma, podemos usar essa experiência para avançar. Na verdade, temos uma ideia clara sobre o rumo que precisamos tomar e nós já começamos a trabalhar nesse sentido", disse.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Fry disse que a Ferrari está focada no desenvolvimento do bólido para as próximas pistas de alta velocidade: Spa e Monza. "Nós temos alguns desenvolvimentos interessantes que vamos apresentar em Spa, uma pista que, do ponto de vista aerodinâmico, é muito exigente, como, aliás, é Monza", disse ele. "Na verdade, teremos também um pacote aerodinâmico e motor especial para a pista italiana. Por isso, muito trabalho foi feito, mas ainda há também muito a fazer. Temos de continuar a manter a evolução", completou Fry.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.