Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

“Médias”, Williams e Sauber evoluem e disputam campeonato paralelo em 2012

Em 11 provas, equipes de meio de tabela somam mais pontos do que em toda temporada passada, surpreendem concorrentes e brigam por vitórias

Guilherme Abati - iG São Paulo | - Atualizada às

Passada metade da temporada 2012 da Fórmula 1, as equipes consideradas médias têm muito o que comemorar. O ano, além da intensa disputa pelos primeiros lugares do campeonato, é marcado pelos bons desempenhos das equipes que ocupam o meio da tabela e protagonizam um campeonato paralelo, chegando muitas vezes a incomodar Ferrari, McLaren e Red Bull em algumas provas. Entre tais times, Sauber e Williams superam em muito o desempenho de 2011 e são uns dos destaques do campeonato até agora.

Leia também: Bruno Senna busca melhora aos sábados para se manter na Williams

Logo no segundo GP da temporada, Sergio Pérez, da Sauber, surpreendeu ao conquistar o segundo lugar na chuvosa prova da Malásia. O mexicano teve chances de vencer a corrida, pressionando Fernando Alonso no fim, mas terminou em segundo. Foi o primeiro pódio do piloto, que também ficou entre os três primeiros do GP do Canadá. Pérez, que fez somente nove pontos em 2011, já soma 47 nesta temporada e está entre os cotados para assumir o lugar de Felipe Massa na Ferrari em 2013.

Os resultados de Kamui Kobayashi na Sauber também já são superiores aos da última temporada. O japonês, que somou 30 pontos nas 19 etapas de 2011, já contabiliza 33 em 2012. Com isso, a equipe tem 80 pontos até a metade do campeonato deste ano, contra 44 de 2011.

A evolução é ainda maior na Williams. Com 53 pontos até agora em 2012, a equipe supera de longe os cinco conquistados na última temporada, a pior da história da tradicional equipe inglesa. Neste ano, surpreendentemente, a equipe voltou a vencer, o que não acontecia desde 2004. A vitória de Pastor Maldonado na Espanha deu 25 pontos ao piloto, que soma 29 e está em 11º no campeonato.

Deixe seu recado e comente esta notícia com outros leitores

Apesar de ainda não ter vencido, Bruno Senna também faz um bom ano. Ao contrário de seu companheiro, o brasileiro tem mostrado mais regularidade e terminou seis provas na zona de pontuação, somando 24.

Mesmo sem o brilho de Williams e Sauber, a Force India também faz um campeonato consistente, sem grandes resultados, mas sempre ficando na zona de pontuação. A equipe soma 46 pontos neste ano e ainda não superou seus 69 de 2011, mas também tem tudo para melhorar o índice até o fim do ano.

AP
Pastor Maldonado venceu o GP da Espanha

A decepção entre as médias é a Toro Rosso. Com dois pilotos jovens, Jean-Éric Vergne e Daniel Ricciardo, que lutavam para conquistar a vaga de Mark Webber na Red Bull, a equipe ainda não andou bem e tem 6 pontos, contra 41 em toda a temporada de 2011.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Se a Lotus era considerada média e somou apenas 73 pontos em 2011, neste ano já tem 192 e, à frente da Ferrari, é a segunda colocada, apenas um ponto atrás da McLaren. A equipe de Kimi Raikkonen e Romain Grosjean anda constantemente entre os primeiros e está próxima de sua primeira vitória, se firmando entre os principais times da categoria.

A Mercedes é outra que luta para ser grande. Sofrendo com a instabilidade de seu carro, a equipe alemã tem 106 pontos e é a quinta entre os Construtores. A escuderia de Michael Schumacher e Nico Rosberg, que venceu na China, fez 165 pontos em 2011, quando também terminou na quinta posição.

Com isso, a equilibrada temporada de 2012 apresenta ainda mais atrativos. A briga entre Sauber, Williams e Force India tem tudo para ser animada até a última prova. Os duelos continuam após a pausa da categoria, no dia 2 de setembro, na Bélgica.

Leia tudo sobre: Sergio PérezPastor MaldonadoSauberWilliamsFórmula 1

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG