Brasileiro nunca tinha zerado contra parceiros de equipe na primeira parte do campeonato. Confira como estão todas as brigas internas

Felipe Massa é o único piloto do grid que foi superado pelo seu parceiro em todos os classificatórios e todas as corridas
AP
Felipe Massa é o único piloto do grid que foi superado pelo seu parceiro em todos os classificatórios e todas as corridas

Com o fim da primeira parte da temporada, a Fórmula 1 entra em um período de pausa no mês de agosto. O intervalo serve para analisar como está o desempenho dos pilotos no duelo interno dentro das equipes até agora. E o que mais chama a atenção nas brigas é que Felipe Massa não conseguiu bater Fernando Alonso em nenhum classificatório ou corrida em todos os 11 GPs da temporada (confira tabela completa abaixo) . O brasileiro é o único piloto "zerado" no duelo dentro das equipes. 

Leia também: Equipes chegam a acordo e banem duplo DRS para temporada 2013, diz revista

Em toda sua carreira, Massa nunca havia zerado totalmente em grids ou provas contra o companheiro de equipe até a paralisação do campeonato. Na Sauber, contra Nick Heidfeld, Giancarlo Fisichella e Jacques Villeneuve, os duelos foram equilibrados. Em 2006, teve de encarar o heptacampeão mundial Michael Schumacher logo em seu primeiro ano na Ferrari e ainda assim conseguiu batê-lo algumas vezes antes das férias. Depois, teve novamente embates equilibrados com Kimi Raikkonen e ainda bateu Alonso em algumas oportunidades em 2010 e 2011.

Enquanto Massa ainda não conseguiu superar Alonso, Bruno Senna trava um duelo mais igual contra Pastor Maldonado na Williams. Nos classificatórios, o venezuelano leva grande vantagem: saiu oito vezes na frente de Senna. Nas corridas, porém, a disputa é grande. Senna leva vantagem de 7 a 4. Além disso, pontuou em seis oportunidades, contra apenas duas do venezuelano, que está na frente no Mundial por conta da vitória conquistada em Barcelona .

Deixe seu recado e comente esta notícia com outros leitores

Na Red Bull, o domínio que Sebastian Vettel teve nos últimos anos sobre Mark Webber já não é tão claro. O piloto alemão foi melhor em classificatórios e corridas em seis vezes, contra cinco do australiano. Na McLaren, Lewis Hamilton tem grande vantagem sobre Jenson Button: foi melhor em oito classificatórios e sete provas das 11 possíveis. 

Vettel e Webber travam disputa equilibrada na Red Bull
AP
Vettel e Webber travam disputa equilibrada na Red Bull

A Lotus mostra uma das situações mais curiosas entre seus pilotos. Romain Grosjean tem se mostrado muito veloz e conseguiu ir melhor em oito sábados contra Kimi Raikkonen. O finlandês, porém, terminou nove provas à frente do francês e já subiu cinco vezes no pódio.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

A primeira metade do campeonato marcou também a volta de Schumacher ao pódio depois de sua volta à F1, em 2010. Apesar disso, o alemão perde por 7 a 4 para Nico Rosberg no duelo interno da Mercedes nos classificatórios e nas corridas, além de ter visto seu companheiro chegar à sua primeira vitória na carreira, na China .

Na Sauber, o equilíbrio é total. Enquanto Kamui Kobayashi foi melhor que Sergio Pérez em seis classificatórios contra cinco do mexicano, o placar se inverte em corridas. Na Force India, Paul di Resta bateu Nico Hulkenberg por 6 a 5 tanto aos sábados quanto aos domingos. O alemão, porém, mostrou reação e foi melhor nos últimos três GPs antes do intervalo de agosto. A Fórmula 1 voltará apenas no dia 2 de setembro, na Bélgica, para a 12ª das vinte etapas do campeonato.

Confira abaixo a tabela completa com a comparação entre os pilotos de cada uma das equipes nas 11 primeiras etapas da temporada: 

 Pilotos        Classificatórios     Corridas  
Fernando Alonso x Felipe Massa                    11 x 0              11 x 0
Sebastian Vettel x Mark Webber                      6 x 5                6 x 5
Lewis Hamilton x Jenson Button                      8 x 3                7 x 4
Nico Rosberg x Michael Schumacher                      7 x 4                7 x 4
Kimi Raikkonen x Romain Grosjean                      3 x 8                9 x 2
Kamui Kobayashi x Sergio Pérez                      6 x 5                5 x 6
Paul di Resta x Nico Hulkenberg                      6 x 5                6 x 5
Pastor Maldonado x Bruno Senna                      8 x 3                4 x 7
Daniel Ricciardo x Jean-Éric Vergne                      9 x 2                6 x 5
Heikki Kovalainen x Vitaly Petrov**                      8 x 3                5 x 5
Timo Glock x Charles Pic***                      6 x 4                7 x 3
Pedro de la Rosa x Narain Karthikeyan****                    10 x 0                8 x 1


* As posições em classificatórios foram definidas pelo lugar em que o piloto conseguiu no grid de largada, contando as punições.

** Os dois abandonaram no GP da Austrália.
*** Timo Glock não participou do GP da Europa por problemas de saúde.
**** Os pilotos não disputaram a etapa da Austrália e, no Canadá, ambos abandonaram.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.