Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Chefe da Ferrari prevê Lotus forte na segunda parte da temporada

Insatisfeito com desempenho na Hungria, Stefano Domenicali afirma que equipe precisa seguir evoluindo para ser campeã

iG São Paulo | - Atualizada às

Após o GP da Hungria do último domingo (29), Stefano Domenicali, chefe da equipe Ferrari, afirmou que não se surpreendeu com o segundo lugar de Kimi Räikkönen e disse que a Lotus estará muito forte na segunda metade de 2012. “Não me surpreendeu o desempenho de Raikkonen em Hungaroring. Ele é um piloto muito talentoso, é um campeão mundial. Você não se torna campeão a menos que tenha algo especial”, disse.

Leia também: Imprensa britânica destaca vitória de Hamilton em “clima olímpico”

“Acho que a Lotus não conseguiu os pontos que merecia conquistar. Eles sempre tiveram um carro muito bom, desde o início. Será um time muito bom na segunda metade da temporada”, afirmou.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros leitores

Mesmo com a liderança de Fernando Alonso, Domenicali acredita que a disputa na segunda metade da temporada será muito acirrada. Para o dirigente, é necessário que a Ferrari mantenha o ritmo e prossiga desenvolvendo o carro.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

“A segunda parte da temporada será muito difícil. Existem carros muito mais rápidos que o nosso”, considerou. “É vital a evolução. Na Hungria não fomos nada bem. Isso não pode se repetir. “Então eu acho que a chave para a parte final da temporada é continuar melhorando como fizemos na primeira metade”, encerrou.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG