Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Ross Brawn lamenta pontos perdidos por Schumacher na 1ª metade do campeonato

Chefe da Mercedes diz que equipe poderia ter mais pontos no Mundial se carro fosse mais confiável e elogia Fernando Alonso, líder da temporada

iG São Paulo |

A primeira metade do campeonato de 2012 da Fórmula 1 não foi muito boa para Michael Schumacher. O alemão da Mercedes abandonou cinco das dez provas do Mundial até agora e conquistou 29 pontos. Os problemas com o carro, porém, parecem estar acabando, já que o heptacampeão mundial completou as últimas três corridas.

Leia também: Hamilton lidera dobradinha da McLaren na Hungria

Apesar da recuperação, o chefe da Mercedes lamentou os pontos perdidos nestas provas. “Se tivermos uma falha neste ano, particularmente com Michael (Schumacher), sabemos que é porque perdemos muitos pontos com a consistência do carro”, comentou Ross Brawn.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros leitores

De acordo com o chefe da equipe, o piloto alemão merecia ter mais pontos no campeonato. “Nunca se resolve problemas de confiabilidade do carro porque estes carros são complexos e frágeis, e ocasionalmente algo vai acontecer, mas perdemos de 50 a 60 pontos com o Michael este ano que deveríamos ter marcado”.

Brawn ainda elogiou Fernando Alonso, líder do campeonato com a Ferrari. “Fernando tem feito um excelente trabalho, porque o importante é que ele marcou pontos enquanto o carro ainda não estava bom. Agora o carro é bom e ele também está conseguindo o máximo de pontos”.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Para concluir, Brawn mostrou confiança para a segunda metade do campeonato, que começa com a prova na Hungria neste fim de semana. “Nós e as outras equipes estamos trabalhando duro em atualizações e tudo pode mudar. Estou otimista de nossa perspectiva de que podemos ter uma segunda metade de ano mais forte”.

Confira a programação do fim de semana da Fórmula 1 na Hungria*:

Sexta-feira, 27 de julho
2º treino livre: 9h

Sábado, 28 de julho
3º treino livre: 6h
Classificatório: 9h

Domingo, 29 de julho
Grande Prêmio da Hungria: 9h

* Sempre pelo horário de Brasília

Leia tudo sobre: Fórmula 1F1Ross BrawnMichael SchumacherMercedes

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG