Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

Jackie Stewart oferece ajuda a Grosjean para diminuir erros do francês

Tricampeão mundial reclama da falta de técnicos na F1 e acredita que jovens pilotos precisam de auxílio

iG São Paulo | - Atualizada às

O ex-piloto e tricampeão mundial Jackie Stewart acredita que pode ajudar Romain Grosjean a diminuir o número de acidentes durante as corridas – o que tem atrapalhado muito o desempenho do jovem francês nesta temporada.

Leia também: Vettel afirma que Webber não é o favorito da Red Bull na briga pelo título

Apesar de ter subido ao pódio duas vezes neste ano e ter mostrado muita velocidade nos treinos classificatórios, o piloto da Lotus  abandonou quatro provas e perdeu a chance de somar muito mais pontos por conta de erros e batidas.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

"Disse para Romain Grosjean outro dia que seria uma boa ideia se ele viesse em casa um dia para almoçar para que pudéssemos conversar um pouco”, contou Stewart ao site da revista Autosport.

“É ridículo que na Fórmula 1 não exista técnicos. No tênis há técnicos, assim como no boxe, golf...Todo mundo tem um, mas nós não”, opinou o escocês. "Não quero ser um técnico, mas sei que posso ajudá-lo. Pilotos de corrida historicamente não são bons ouvintes, mas acho que seria capaz de ajudá-lo”, acrescentou.

Stewart reconheceu que a Williams está dando um bom exemplo por ter contratado o ex-piloto de F1 Alex Wurz para ser mentor dos inexperientes Bruno Senna e Pastor Madonado.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros leitores

"Acho isso ótimo. Maldonado é muito rápido, mas precisa de ajuda. Ele não deveria ter o número de batidas que tem, assim como Grosjean. Não é tudo falta de sorte, você está no lugar errado, do lado das pessoas erradas”, avaliou o tricampeão.

"Esse é um traço que pode mudar categoricamente. Tendo dito isso, estou impressionado com a velocidade de Romain e na verdade acredito que ele vá vencer uma corrida este ano. O que ele tem de fazer é não se envolver em problemas e não ter largadas ruins”, concluiu.

Leia tudo sobre: F1Romain GrosjeanLotusJackie StewartPastor MaldonadoWilliamsAlex Wurz

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG