Publicidade
Publicidade - Super banner
Automobilismo
enhanced by Google
 

TV italiana afirma que Vettel tem contrato com a Ferrari para 2014

Acordo entre atual bicampeão do mundo e tradicional equipe italiana duraria até 2016. Piloto receberia 40 milhões de euros por ano

iG São Paulo | - Atualizada às

Foto: Getty Images
Segundo televisão italiana, acordo já estaria assinado

Os boatos que Sebastian Vettel, atual piloto da Red Bull, está se transferindo para a Ferrari voltaram a ser assunto nesta terça-feira (26). O canal italiano de televisão Mediaset Italia1 afirmou que o alemão bicampeão do mundo será companheiro de equipe de Fernando Alonso em 2014. O acordo já estaria selado entre as partes.

Leia também: Boa largada, belas manobras e sorte. Confira como Alonso venceu em Valência

A notícia corrobora recentes especulações de jornais britânicos, que também afirmaram recentemente que o acordo já estaria fechado. Segundo o canal italiano, o acordo entre Vettel e a escuderia italiana é, inicialmente, de três anos, sendo válido até o final da temporada 2016 da F1.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros leitores

Ainda segundo Mediaset Italia1, a Ferrari tem duas opções para 2013: manter Felipe Massa na equipe e esperar que ele mostre evolução, ou dispensar o brasileiro ainda em 2012 e contratar Mark Webber, atual companheiro de Vettel na Red Bull, para a próxima temporada.

Ambas as opções seriam provisórias, durando até Vettel ir para a equipe, em 2014. O contrato do alemão giraria em torno dos 15 milhões de euros anuais, cerca de 40 milhões de reais.

Semana passada, Stefano Domenicali, chefe da Ferrari, falou sobre a possível transferência do atual bicampeão do mundo e afirmou que não vê problemas em ter Vettel e Alonso no mesmo time. “Acho que os dois são inteligentes e poderiam facilmente estar na mesma equipe”, explicou à revista alemã Auto Bild.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Por sua vez, o piloto alemão, que ocupa a 4ª colocação no Mundial de Pilotos, negou qualquer intenção de se transferir para a escuderia italiana e afirmou que a gratidão à equipe austríaca não o deixaria guiar por outra equipe. “Eu usei o capacete da Red Bull por quase toda minha carreira. É difícil imaginar outro tipo de vida se você está tão acostumado”, comentou em entrevista ao site da revista britânica Autosport.
 

Leia tudo sobre: Sebastian VettelMark WebberRed BullAutomobilismoF1

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG