Massa completa 31 anos e não sabe se continua na F1 em 2013

Em fim de contrato com a Ferrari, brasileiro, aniversariante do dia, continua sob pressão por resultados

iG São Paulo |

Felipe Massa completa 31 anos nesta quarta-feira (25) sem muita coisa para comemorar e preocupado com seu futuro na Ferrari. Em fim de contrato com a escuderia italiana em 2012, o brasileiro tem um de seus piores inícios de temporada na Fórmula 1 e vive sob intensa pressão por resultados para que continue na equipe no próximo ano.

Leia também: Massa terá apenas um dia de teste com a Ferrari em Mugello

Os primeiros pontos conquistados no ano , no Bahrein, serviram para, pelo menos, diminuir um pouco a pressão. Porém, a fase ainda não pode ser considerada tranquila para o brasileiro.

Deixe seu recado e comente esta notícia com outros leitores

Após a corrida em Sakhir, seu companheiro, Fernando Alonso, defendeu o brasileiro e disse que Massa “não precisa provar nada” para a equipe. Entretanto, o bom desempenho do próprio Alonso nas quatro primeiras provas do ano é mais um fator que complica a vida de Massa na equipe. Este é um dos argumentos usados pela imprensa italiana para pedir a substituição do brasileiro já nesta temporada.

A Ferrari, como de costume, deu os parabéns a Massa pelo aniversário. A equipe italiana usou o Twitter para comentar sobre a data. “Hoje é um dia especial para a escuderia: é o 31º aniversário do Felipe Massa. Em nome dos homens e das mulheres da Ferrari, feliz aniversário, Felipe”.

Porém, dentro da própria escuderia, as dúvidas sobre o futuro do piloto continuam. A equipe já mostrou que espera por resultados melhores de Massa em 2012, inclusive com depoimentos de seu presidente, Luca di Montezemolo .

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Se sair da equipe, Massa pode ter dificuldades para conseguir um lugar em um time de ponta da Fórmula 1 no ano que vem e, com isso, acabar deixando a categoria. Há dez anos na F1, o brasileiro estreou pela Sauber em 2002. Em 2006, assumiu o posto de titular da Ferrari e, em 2008, chegou ao vice-campeonato. Se quiser continuar na equipe, o brasileiro terá de reagir e repetir o bom desempenho daquele ano e mostrar que ainda pode voltar a brigar no topo da tabela.

    Leia tudo sobre: Formula 1F1Felipe MassaaniversárioFerrari

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG