Chefe da Mercedes pretende esperar resultados da temporada para decidir sobre a permanência do alemão na equipe

O heptacampeão da Fórmula 1 , Michael Schumacher, ainda não renovou seu contrato com a escuderia Mercedes. O alemão está em seu terceiro e último ano de vínculo com a equipe, mas ainda não definiu seu futuro na categoria. Ross Brawn, chefe do time, afirmou nesta quarta-feira (18) que o acerto ainda está distante.

Leia também: Rosberg coloca Mercedes no topo após 57 anos

"Está tudo completamente em aberto", comentou Brawn em entrevista concedida à imprensa alemã. Michael Schumacher tem apenas um ponto conquistado no Mundial de Pilotos deste ano e viu seu companheiro, Nico Rosberg, vencer a última prova, na China .

Deixe seu recado e comente a notícia com outros leitores

Ross Brawn não definiu nenhuma data para a resolução do caso. "Vai ficar claro o que é melhor para ele, o que é melhor para nós, e o que é melhor para nós todos em algum ponto da temporada", afirmou. No entanto, o dirigente não crê que um acerto esteja próximo de se concretizar. "Mais ainda há um longo caminho até lá", acrescentou.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

O alemão está na equipe desde 2010, quando anunciou seu retorno a categoria, depois de já ter se aposentado do esporte.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.