Com temperaturas mais altas, finlandês espera encontrar velocidade que não alcançou na China

O finlandês Kimi Raikkonen disse nesta terça-feira (17) que acredita que a Lotus é capaz de chegar ao pódio no Grande Prêmio do Bahrein.

Leia também: Hamilton comemora bom momento na McLaren e não pensa em renovação

O piloto foi 14º colocado na corrida do último fim de semana , na China, depois de sofrer com o desgaste de seus pneus nas últimas voltas. No entanto, ele confia que seu carro é capaz de ir muito além.

"O pódio é possível no Bahrein e acho que já havia sido em todas as corridas que disputamos até agora”, declarou Raikkonen. “Não sabemos quão bom o carro estará até chegarmos lá, mas não esperamos ter problemas”, acrescentou.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

O piloto explicou que a Lotus levou algumas atualizações para a etapa da China, mas teve dificuldades de extrair um bom desempenho do E20 durantes os treinos livres e voltou à configuração antiga no classificatório .

"Tínhamos muitas partes novas, mas estava molhado na sexta-feira e muito frio à tarde. Voltamos para quase toda a configuração antiga no sábado, já que sabíamos como esta funcionaria. O classificatório foi bom, mas ficamos muito longe da pole position”, avaliou o finlandês. “Não conseguimos ser tão rápidos quanto os outros. Precisamos de um pouco mais de velocidade. Espero que encontremos isso no Bahrein”, afirmou.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros leitores

O piloto também torce para que o carro se adapte melhor às altas temperaturas, previstas para o próximo fim de semana, no Bahrein: "É provável que esteja um pouco quente e nosso carro não gostou muito do frio quando estávamos na China, então talvez ele se adapte melhor ao calor”.

Confira a programação completa do fim de semana da Fórmula 1 no Bahrein*:

Sexta-feira, 20 de abril
1º treino livre: 4h
2º treino livre: 8h

Sábado, 21 de abril
3º treino livre: 5h
Classificatório: 8h

Domingo, 22 de abril
Grande Prêmio do Bahrein: 9h

* Sempre pelo horário de Brasília

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.