Tamanho do texto

Alemão conseguiu ultrapassagem ainda na primeira volta e segurou pressão. Diferença para o líder Lewis Hamilton caiu para apenas 17 pontos

Sebastian Vettel venceu o GP da Bélgica de Fórmula 1
FÓRMULA 1/DIVULGAÇÃO
Sebastian Vettel venceu o GP da Bélgica de Fórmula 1

O alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, venceu neste domingo (26) o Grande Prêmio da Bélgica de Fórmula 1 , em Spa-Francorchamps, e reduziu a vantagem de Lewis Hamilton na liderança do campeonato.

Leia também: Carros da Ferrari prestaram homenagem a vítimas de queda de ponte

Max Verstappen, da Red Bull, fechou o pódio. Largando na segunda posição no grid, Vettel conseguiu ultrapassar Hamilton logo na primeira volta, na longa reta entre as curvas Eau Rouge/Raidillon e Les Combes. 

Ainda na largada, no pelotão intermediário, houve uma série de acidentes envolvendo Fernando Alonso, Nico Hulkenberg e Charles Leclerc. O safety car precisou entrar na pista. Apesar das imagens fortes, nenhum dos pilotos ficou ferido.

O piloto da Ferrari ultrapassou antes da entrada do carro de segurança e permaneceu em primeiro até a última volta. Conquistando pontos importantes.

Leia também: Schumacher mostra reação e chora ao ver belezas naturais, diz esposa

Com a vitória do alemão, a vantagem de Hamilton no mundial de pilotos caiu de 24 para 17 pontos (231 a 214). O outro piloto da Ferrari, Kimi Raikkonen, abandonou por causa de um pneu furado, enquanto Valtteri Bottas, da Mercedes, ficou em quarto.

Completaram a zona de pontos: Sergio Pérez (Racing Point, ex-Force India), Esteban Ocon (Racing Point), Romain Grosjean (Haas), Kevin Magnussen (Haas), Pierre Gasly (Toro Rosso) e Marcus Ericsson (Sauber).

Vettel vai em busca do pentacampeonato

Sebastian Vettel venceu o GP da Bélgica de Fórmula 1
FÓRMULA 1/DIVULGAÇÃO
Sebastian Vettel venceu o GP da Bélgica de Fórmula 1

O próximo grande prêmio será em Monza, na Itália, na semana que vem. Vettel irá atrás de mais uma vitória para ultrapassar Hamilton e assumir de vez a liderança e também garantir pontos no mundial de pilotos e no mundo de construtores.

O alemão tem quebrado recordes em todos os anos em que se consagra campeão da Fórmula 1. Foi considerado o mais jovem campeão da história, quando defendia a escuderia da Red Bull, em 2010. Também ganhou o bicampeão mais jovem em 2011. O mais jovem tricampeão em 2012 e o mais jovem tetracampeão em 2013.

Leia também: Felipe Alonso deixará Fórmula 1 por "falta de emoção"

Depois de quatro anos assistindo ao inglês Lewis Hamilton levantar o caneco, Vettel quer retormar sua hegemonia e mostrar sua força como um dos pilotos mais importantes da Fórmula 1 e conquistar um campeonato com sua atual escuderia, a Ferrari.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.