Scuderia italiana é a única que recebe um bônus por ser equipe de longa data na Fórmula 1, o que a deixa como líder no ranking de premiações

Ferrari é a equipe que mais vai faturar em 2018 na Fórmula 1
Reprodução/Twitter/ScuderiaFerrari
Ferrari é a equipe que mais vai faturar em 2018 na Fórmula 1

A Ferrari ultrapassou a Mercedes e será a equipe que mais vai receber dinheiro da Fórmula 1 neste ano de 2018 - lembrando que a scuderia italiana não conquista um título há 10 anos, quando viu Kimi Raikkonen ser campeão na temporada 2007.

Leia também: Presidente da FIA pede que deixem Schumacher 'viver sua vida em paz'

No total, a FOM (Fórmula One Management) vai distribuir cerca de 812 milhões de euros - ou R$ 3,5 bilhões - entre todas as equipes da F1, e a Ferrari lidera o ranking com 165,4 milhões de euros (aproximadamente R$ 725 milhões).

Entre as receitas recebidas destacam-se dinheiro dos direitos de transmissão e publicidade.

Segundo o site especializado "Racefans", a maior fatia do 'prize money' dos ferraristas vem da do prêmio por antiguidade. A equipe italiana é a única que recebe dinheiro por ser um time de longa data na categoria. E esse valor é de 58,9 milhões de euros (R$ 258 milhões).

Leia também: "Não sei se vou continuar", diz Fernando Alonso sobre futuro na Fórmula 1

A distribuição dos dinheiros é feita mediante não só à classificação da temporada, mas também pelos acordos individuais que cada equipe tem com a FOM.  Mercedes , Red Bull, Williams e McLaren são outras quatro equipes que recebem bônus de construtor.

Veja o ranking que tem a Ferrari na frente

Ferrari, equipe da F1
Divulgação
Ferrari, equipe da F1


  1. Ferrari
    Top 10 na duas das últimas três temporadas: 28 milhões de euros
    Presença no top 10 da última temporada: 44,9 milhões de euros
    Equipe de longa data: 58,9 milhões de euros
    Bônus de construtor: 33,6 milhões de euros
    Total: 165,4 milhões de euros

  2. Mercedes
    Top 10 na duas das últimas três temporadas: 28 milhões de euros
    Presença no top 10 da última temporada: 53,4 milhões de euros
    Bônus de construtor: 33,6 milhões de euros
    Outros: 29,9 milhões de euros
    Total: 144,7 milhões de euros

  3. Red Bull
    Top 10 na duas das últimas três temporadas: 28 milhões de euros
    Presença no top 10 da última temporada: 36,4 milhões de euros
    Bônus de construtor: 30,1 milhões de euros
    Outros: 29,9 milhões de euros
    Total: 124,4 milhões de euros

  4. McLaren
    Top 10 na duas das últimas três temporadas: 28 milhões de euros
    Presença no top 10 da última temporada: 14 milhões de euros
    Bônus de construtor: 27,3 milhões de euros
    Total: 69,3 milhões de euros

  5. Williams
    Top 10 na duas das últimas três temporadas: 28 milhões de euros
    Presença no top 10 da última temporada: 28 milhões de euros
    Outros: 8,5 milhões de euros
    Total: 64,5 milhões de euros

  6. Force India
    Top 10 na duas das últimas três temporadas: 28 milhões de euros
    Presença no top 10 da última temporada: 30,8 milhões de euros
    Total: 58,8 milhões de euros

  7. Renault
    Top 10 na duas das últimas três temporadas: 28 milhões de euros
    Presença no top 10 da última temporada: 25,1 milhões de euros
    Total: 53,1 milhões de euros

  8. Toro Rosso
    Top 10 na duas das últimas três temporadas: 28 milhões de euros
    Presença no top 10 da última temporada: 19,6 milhões de euros
    Total: 47,6 milhões de euros

  9. Haas
    Top 10 na duas das últimas três temporadas: 28 milhões de euros
    Presença no top 10 da última temporada: 16,8 milhões de euros
    Total: 44,8 milhões de euros

  10. Sauber
    Top 10 na duas das últimas três temporadas: 28 milhões de euros
    Presença no top 10 da última temporada: 11,2 milhões de euros
    Total: 39,2 milhões de euros

Leia também: Volta das grid girls à F1 anima Vettel e Hamilton: "Gosto de mulheres"

Lembrando que a Ferrari é a equipe com mais pilotos campeões na história da Fórmula 1, apesar do jejum de 10 anos. No total, a scuderia italiana conquistou o Mundial por 15 vezes, seguida pela McLaren (12) e Williams (7).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.