Piloto espanhol de 36 anos mantém indecisão sobre sua carreira. Ele também já demonstrou interesse em conquistar a "Tríplice Coroa"; entenda

O bicampeão mundial de Fórmula 1 Fernando Alonso pode deixar o esporte em 2019. O espanhol, que alcançou no último domingo a marca de 81.394 km ao terminar o Grande Prêmio da Áustria, superando o recorde do alemão Michael Schumacher, disse que sua permanência na categoria não é certa.

Leia também: "A melhor volta que você nunca viu": McLaren recria volta antológica de Senna

Não sei se vou continuar, diz Alonso sobre futuro na F1
INDYCAR/LAT USA
Não sei se vou continuar, diz Alonso sobre futuro na F1

"Não sei se vou continuar na Fórmula 1. É uma decisão que tenho de tomar. Não tenho nada decidido nem planejado", afirmou Fernando Alonso em entrevista à rádio Cope .

Muito se especula sobre o destino do piloto da McLaren: desde mudar para a Indy no próximo ano, a voltar a correr pela Renault. "Mas eu não gostaria de sair no final com um gosto amargo na boca, no sentido de que não posso mais dar 100%", explicou.

Leia também: Volta das grid girls à F1 anima Vettel e Hamilton: "Gosto de mulheres"

Interesse de Alonso

O espanhol já demonstrou interesse em tentar conquistar a "Tríplice Coroa" do automobilismo, formada pelas provas de Mônaco, da F1, as 24 de Le Mans e as 500 milhas de Indianápolis. Para atingir sua meta, falta só ganhar a corrida dos EUA.

Leia também: Miami, nos Estados Unidos, poderá sediar Grande Prêmio de F1 em 2019

"Quando passar o verão e eu analisar todos os possíveis passos que posso dar, então vou tomar a melhor decisão. Pensando no bem da minha equipe e dos meus fãs", concluiu Fernando Alonso , de 36 anos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.