Piloto da Red Bull vai repetir o feito em 2016 e largar na pole position no Grande Prêmio do Principado; Ricciardo fez a volta mais rápida do circuito

Daniel Ricciardo vai largar na pole position do Grande Prêmio de Mônaco de F1
Reprodução
Daniel Ricciardo vai largar na pole position do Grande Prêmio de Mônaco de F1

Neste próximo domingo (27), a Red Bull vai largar na pole position do Grande Prêmio de Mônaco com Daniel Ricciardo . O australiano fez sua segunda pole na Fórmula 1 e a sua primeira do ano, ratificando o domínio da escuderia nos treinos livres. A última vez que o piloto largara na ponta foi justamente no Principado, em 2016.

Leia também: Volta das grid girls à F1 anima Vettel e Hamilton: "Gosto de mulheres"

O treino em Mônaco foi, inclusive, marcado por um recorde. Com 1:10.810, Ricciardo marcou a volta mais rápida da história do circuito de Monte Carlo. "Desde quinta-feira, fomos rápidos em todas as sessões. Vamos terminar o serviço amanhã, estou bem animado", comemorou o piloto.

O segundo lugar da fila ficou com Ferrari de Sebastian Vettel, na frente da Mercedes de Lewis Hamilton (3º) e da também Ferrari de Kimi Raikkonen (4º). O GP de Mônaco será disputado às 10h10 de Brasília, neste domingo (27). 

Leia também: Rubens Barrichello sobre Michael Schumacher: "Não tenho notícias dele"

"A melhor volta que você nunca viu": Senna em Mônaco

Ayrton Senna foi um dos maiores pilotos da história da  Fórmula 1 . Com as conquistas do título da categoria em 1988, 1990 e 1991, o brasileiro se tornou um dos maiores nomes dos esportes no país. No entanto, um dos seus principais momentos no automobilismo aconteceu antes de conquistar seu primeiro campeonato.

O fato aconteceu em maio de 1988, durante a classificação para o Grande Prêmio de Mônaco. Na ocasião, Senna ficou na pole position com uma volta perfeita. Após cruzar a linha de chegada, o brasileiro ficou um segundo e meio na frente do segundo colocado Alain Prost, seu companheiro de equipe. No entanto, não existem imagens captadas pelas emissoras de TV.

Leia também: Após memes na internet, Havaianas acerta patrocínio com Force India na F1

Para tentar recriar o episódio e transformar a volta em vídeo, a McLaren abusou da criatividade e da tecnologia. Com os dados das parciais, a escuderia recriou o desempenho do piloto com um modelo MP4/4 em um videogame e chamou Murray Walker, o narrador britânico mais importante da história da Fórmula 1, para narrar o vídeo. A feito foi batizado de "a melhor volta que você nunca viu". 

Pra tentar transformar o vídeo no mais real possível, a escuderia adicionou efeitos de um filme VHS, com chiados de imagens e um gerador de caractéres referentes ao período. Durante a volta em Mônaco , pode-se observar as parciais do tempo de Senna e a comparação com Alain Prost. Ao cruzar a linha de chegada, aparece a classificação geral daquela classificatória. O brasileiro terminou em primeiro, com 1m23s998. o francês foi o segundo, 1s427 atrás.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.