Piloto espanhol liderou a primeira sessão de treinos, mas foi superado por Hamilton e Rosberg no treino seguinte

Fernando Alonso, piloto da Ferrari
Mark Thompson/Getty Images
Fernando Alonso, piloto da Ferrari

Líder no primeiro treino livre oficial no ano, Fernando Alonso foi superado pela dupla na Mercedes na segunda sessão do Grande Prêmio da Austrália, mas ainda teve um bom resultado e encerrou o dia como o terceiro mais rápido, com o tempo de 1min30s132. Apesar da experiência na categoria, o bicampeão mundial comentou sobre o nervosismo da estreia de uma nova temporada e avaliou as atividades como positivas para a Ferrari.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

"No geral, este foi um dia positivo para nós e, mesmo tendo um elemento de nervosismo, por conta da complexidade introduzida pelo novo regulamento técnico, tudo correu bem. O time fez um super trabalho e não tivemos problemas", disse Alonso.

Parceiro de Alonso, Kimi Raikkonen ficou em sétimo, com a marca de 1min30s898. Mesmo considerando que a equipe correu bem em Melbourne, o espanhol evitou fazer previsões.

"A pista melhorou da primeira para a segunda sessão, com mais aderência comparado com esta manhã, e também tinha mais vento. Rodar com o pneu macio certamente ajudou, já que a aderência extra representou a queda nos tempos, mas é impossível ter uma ideia clara do quão competitivos nós somos, pois, como sempre, os resultados de sexta-feira não significam muita coisa. Para saber mais, teremos de esperar até que todos estejam rodando de forma equilibrada", concluiu o espanhol.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.