O brasileiro, que guiou a Williams pelo segundo dia consecutivo, fez um tempo de 1min39s256, em 34 voltas

Na manhã do quarto e último dia de testes em Jerez de la Frontera, na Espanha, Fernando Alonso se destacou e terminou como o mais rápido, com o tempo de 1min35s334, alcançado em pista úmida com pneus intermediários, em 64 voltas. Felipe Massa, que guiou a Williams pelo segundo dia consecutivo, ficou em quarto, com 1min39s256, em 34 voltas.

Felipe Massa em ação pela Williams nos testes da Fórmula 1
Getty Images
Felipe Massa em ação pela Williams nos testes da Fórmula 1

Apesar de não ter seu piloto como mais rápido, a Mercedes terminou a sessão satisfeita, já que conseguiu fazer uma simulação de corrida e mostrou que está entendendo o novo carro. Líder em boa parte da atividade, Nico Rosberg completou 91 voltas e fez seu giro mais rápido em 1min36s951.

Bernie Ecclestone aponta falhas e critica os novos motores da Fórmula 1

Ao contrário da Mercedes, a Red Bull segue tendo dificuldades em Jerez, assim como as outras equipes que são equipadas com motores Renaut. Com apenas sete voltas, Daniel Ricciardo foi o mais lento da sessão, com 1min45s374.

Daniil Kvyat, da Toro Rosso, fez apenas oito giros, enquanto Jules Bianchi foi o nono, com apenas dez voltas completadas. Após do desempenho ruim, a RBR anunciou que encerrou suas atividades na pista espanhola.

Responsável por guiar a McLaren, o novato Kevin Magnussen foi o terceiro, com 1min38s391. Já Daniel Juncadella, terceiro piloto da Force India, foi o quinto, com 1min41s132.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.