O piloto alemão dominou completamente a segunda parte do campeonato de Fórmula 1, em que venceu as nove corridas disputadas

Sebastian Vettel venceu no Brasil
Getty Images
Sebastian Vettel venceu no Brasil

O alemão Sebastian Vettel atingiu mais recordes na Fórmula 1. Com a vitória do Grande Prêmio do Brasil , neste domingo, ele igualou duas marcas históricas da categoria, a de 13 vitórias em uma mesma temporada, de Michael Schumacher em 2004, e a de nove vitórias consecutivas, de Alberto Ascari em 1952 e 1953. Mas admitiu que ainda tem dificuldades de entender a importância de seus feitos.

Em corrida de despedidas, Vettel vence no Brasil e iguala recordes. Massa é 7º

Em 2013, Vettel se sagrou tetracampeão da Fórmula 1, tornando-se o piloto mais jovem a conseguir quatro títulos da categoria de elite do automobilismo mundial. Ele dominou completamente a segunda parte do campeonato, em que venceu as nove corridas disputadas.

“É difícil de perceber agora ou nas próximas semanas o que consegui este ano, especialmente neste fim de temporada. No fim das contas é só um número. Mas espero que um dia no futuro, quando estiver com menos cabelo e gordinho, seja algo bom de se recordar”, disse o piloto de 26 anos de idade.

Com as vitórias nas últimas nove provas da temporada, Vettel já é o piloto a vencer mais corridas consecutivamente em um mesmo ano. Caso seja o primeiro colocado da prova inaugural do calendário de 2014, ele se tornará também o recordista geral de triunfos seguidos na F-1, superando Alberto Ascari.

No seu adeus à F1, Mark Webber quebra o protocolo e dá volta sem capacete

O piloto italiano, que sofreu um acidente fatal durante uma bateria de testes em 1955, venceu as últimas seis corridas de 1952 e as três primeiras de 1953, anos em que conquistou o Mundial.

“É difícil de comparar com o recorde de Alberto Ascari por causa da diferença nas épocas. Se você pensar que nos anos 1950 as corridas eram mais longas e muito mais coisas quebravam durante elas, o dele ainda vale muito”, afirmou Vettel.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.