Há 25 anos, Ayrton Senna conquistava o primeiro Mundial da carreira

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Brasileiro venceu o GP de Suzuka e se sagrou campeão pela primeira vez em 1988. Ayrton ainda conquistou mais dois títulos mundiais, em 1990 e 1991

Reprodução
Em 1988, Senna chegou à oitava vitória e alcançou seu primeiro título em Suzuka

Há exatos 25 anos, Ayrton Senna cruzou a linha de chegada do Grande Prêmio do Japão na primeira colocação e escreveu de uma vez por todas seu nome na história do automobilismo ao ser campeão mundial pela primeira vez.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

A temporada de 88 era a primeira de Senna na McLaren, que buscou o brasileiro após ele ter se destacado nos últimos três anos com a Lotus. Logo em seu ano de estreia na categoria, ele desbancou o parceiro Alain Prost em um dos melhores duelos de pilotos já existentes na categoria, que só foi possível graças ao evidente domínio da escuderia na época.

Um dos maiores pilotos de todos os tempos, Senna conquistou seu primeiro título após uma vitória heroica. Devido à superioridade da McLaren no ano, somente a dupla da montadora chegou a Suzuka com chances de conquistar o título da temporada. Após levar a melhor e garantir a pole, o brasileiro viu as chances do tão sonhado título diminuírem após ficar alguns segundos parado no momento da largada, o que o fez perder a vantagem e fazer a primeira curva apenas em 14º.

Veja fotos da carreira de Ayrton Senna:

Ayrton Senna durante a temporada 1991. Foto: Getty ImagesAyrton Senna foi tricampeão mundial de F1. Foto: Getty ImagesTúmulo de Ayrton Senna no cemitério do Morumby, em São Paulo. Foto: Mike Hewitt/Getty ImagesA parceria durou dois anos e rendeu um título para cada. Os pilotos colecionaram desentendimentos e desenvolveram uma das grandes rivalidades da Fórmula 1. Foto: Getty ImagesCom a chegada de Ayrton Senna em 1988, a McLaren, que já contava com o francês Alain Prost, reunia dois pilotos em condição de ganhar o título. Foto: Getty ImagesApesar da pressão, o brasileiro venceu a prova e encerrou um jejum de 5 GPs sem vitória. Foto: GettyEm 1991, Ayrton Senna poderia sagrar-se campeão por antecipação se vencesse o Grande Prêmio da Espanha. Foto: Getty ImagesO brasileiro disparou no Mundial de Pilotos após a prova em Spa. Foto: Getty ImagesFoi em 1985, Pela Lotus, no Grande Prêmio de Portugal, que Ayrton Senna conseguiu sua primeira vitória na F1. Foto: Getty ImagesO brasileiro da McLaren comemorou sua sexta vitória de 1991 naquele GP. Foto: ReproduçãoEm toda a sua carreira, Ayrton Senna sempre usou um capacete verde e amarelo. Na foto, o brasileiro em 1993, quando corria pela McLaren. Foto: Getty ImagesLotus de Ayrton Senna em 1985, que tinha pintura preta e dourada. Foto: Getty ImagesAdriane Galisteu foi uma das namoradas do piloto de F-1 Ayrton Senna, morto em 1994. Foto: Reprodução/Revista MancheteAyrton Senna foi tricampeão em 1991, aos 31 anos e 227 dias. Foto: Getty ImagesEm 1988, Senna chegou à oitava vitória e alcançou seu primeiro título em Suzuka. Foto: ReproduçãoAyrton Senna conversa com Sid Watkins após acidente de Roland Ratzenberger em Ímola em 1994. Foto: Getty ImagesSenna cumprimenta Gerhard Berger após mais uma vitória no local. Foto: Getty ImagesNaquele ano, Senna saiu vencedor pela terceira vez consecutiva no circuito. Foto: Getty ImagesCompanheiros na McLaren nos anos 1990, Ayrton Senna e Gerhard Berger eram amigos dentro e fora dos autódromos. Foto: Getty ImagesO GP da França foi sediado no circuito de Paul Ricard nos anos 1970 e ainda voltou de 1986 até 1990. Entre essas, uma vitória de Prost em 1989, com Senna abandonando. Foto: Getty ImagesEm 1985, a pista ficou marcada na história da F1, principalmente para os brasileiros. O Estoril foi palco da primeira pole position e da primeira vitória de Ayrton Senna.. Foto: ReproduçãoAyrton Senna treina, observado por Nuno Cobra. Foto: ReproduçãoEntre o fim da década de 1980 e início dos anos 1990, a disputa ficou focada em poucos pilotos. Ayrton Senna e Alain Prost dominaram. Foto: Getty ImagesToleman Ayrton Senna. Foto: Getty ImagesO brasileiro voltou a vencer em 1989, dando início a uma sequência de cinco triunfos seguidos no Principado. Foto: Getty ImagesDepois de liderar mais da metade da corrida, Senna não c onseguiu completar a prova de 1988 em Monte Carlo. Foto: Getty ImagesAyrton Senna em 1994, ano em que correu pela Williams. Foto: Getty ImagesEm 1993, o ídolo brasileiro voltou a vencer em Interlagos, para a festa da torcida. Foto: ReproduçãoPódio em 1991 também teve Riccardo Patrese, segundo, e Gerhard Berger, terceiro. Foto: Getty ImagesPela Williams, tricampeão fez a pole position do GP do Brasil de 1994. Foto: Getty ImagesTorcida homenageia heroi tricampeão no GP do Brasil de 1994. Foto: Getty ImagesEm 1992, também pela McLaren, o brasileiro teve seu motor quebrado em Interlagos. Foto: Getty ImagesPela McLaren, Senna desfila em 1993 com bandeira brasileira após vitória. Foto: ReproduçãoO brasileiro Ayrton Senna em 1990, ano de seu bicampeonato na Fórmula 1. Foto: Getty ImagesSenna vence na Bélgica. Foto: Getty ImagesAyrton Senna parte para cima de Michael Schumacher, mas é contido por funcionário da McLaren. Foto: ReproduçãoNa garagem da McLaren, Ayrton Senna se concentra para GP do Japão de 1991 - o brasileiro tinha chances de sair da prova tricampeão mundial. Foto: Getty ImagesSenna perdeu a posição para Patrese logo na largada em San Marino. Foto: Getty ImagesAyrton terminou o GP em segundo, mas continou liderando com folga o campeonato. Foto: Getty ImagesAyrton Senna tenta se defender dos ataques das Williams de Nigel Mansell e Riccardo Patrese durante o GP da Itália de 1991. Foto: Getty ImagesAyrton Senna morreu em 1994 após acidente que deixou sua Williams destruída. Foto: Getty Images


Aproveitando-se da situação, Prost logo assumiu a ponta, mas viu Ayrton com uma atuação surpreendente diminuir a diferença a cada volta. Muito bem na prova, o brasileiro recuperou a liderança na 7ª volta e, mantendo o bom desempenho, disparou na frente para cruzar a linha de chegada 13 segundos antes do companheiro.

Com a vitória, Senna repetiu os feitos de Emerson Fittipaldi e Nelson Piquet e se tornou o terceiro brasileiro a conquistar um título mundial da Fórmula 1. Ainda formando a parceria de sucesso com a McLaren, ele conquistou o bicampeonato em 1990 e o tri em 1991. Desde aquele ano, o Brasil nunca mais teve um representante campeão da principal categoria do automobilismo mundial.

Leia tudo sobre: fórmula 1ayrton sennaf-1

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas