Schumacher e Prost parabenizam Vettel pelo tetracampeonato

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Após entrar na seleta lista de pilotos tetracampeões na F1, Sebastian Vettel foi elogiado por dois dos maiores da história da categoria

Dois dos maiores vencedores da Fórmula 1, o alemão Michael Schumacher e o francês Alain Prost viram Sebastian Vettel vencer o GP da Índia neste final de semana e entrar na seleta lista de pilotos que conquistaram o Mundial em quatro ocasiões. Vendo o compatriota seguir seus passos, Schumacher fez questão de enviar uma mensagem dando parabéns pelo novo título.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Veja onde estavam os campeões do mundo de F1 aos 26 anos:

Ayrton Senna: Já uma realidade, mas não ainda em time de ponta. Em 1986, Senna cravou oito pole positions e duas vitórias com a Lotus. Só seria campeão dois anos mais tarde. Foto: ReproduçãoMichael Schumacher: No ano em que completou 26 anos, 1995, o alemão conseguiu o segundo de seus sete títulos mundiais. Foto: Getty ImagesJuan Manuel Fangio: Nascido em 1911, começou tarde sua carreira. Pentacampeão, com 26 anos ele estava começando em uma categoria de turismo na Argentina. Foto: ReproduçãoAlain Prost: Estava em sua segunda temporada na F1 em 1981. Correndo pela Renault, fez duas poles e venceu três provas. O primeiro dos quatro títulos viria em 1985. Foto: Getty ImagesNiki Lauda: Tricampeão, ganhou o primeiro troféu aos 26 anos. Foi em 1975. Foram nove pole positions e cinco vitórias.. Foto: Getty ImagesNelson Piquet: Com 26 anos o tricampeão fez sua estreia na F1. Mas 1978 é para ser esquecido. Participou de apenas cinco corridas e completou duas, sem pontuar. Foto: Getty ImagesEmerson Fittipaldi: Foi pouco antes de completar 26 anos que conquistou seu primeiro título, em 1972. Já a temporada seguinte, venceu três provas e foi vice. Foto: Getty ImagesFernando Alonso: Já era bicampeão com 26 anos. Mas 2007 foi um desastre para o piloto, que havia trocado a Renault pela McLaren e perdeu o título para Kimi Raikkonen. Foto: Getty ImagesJackie Stewart: 1965, ano em que completou 26 anos, foi a estreia do escocês na categoria. Com a BRM, o tricampeão venceu uma prova e foi o terceiro no Mundial. Foto: Getty ImagesJim Clark: Ainda não tinha vencido nenhum de seus dois campeonatos aos 26 anos. Em 1962, ganhou três provas e foi vice. Primeiro título veio na temporada seguinte. Foto: Getty ImagesJack Brabham: Tricampeão, ainda nem tinha deixado a Austrália aos 26 anos. Em 1951, foi campeão nacional. Estreia na principal categoria foi quatro anos mais tarde. Foto: Getty ImagesLewis Hamilton: Já era campeão em 2011, quando tinha 26 anos. Mas esta temporada foi para o ex-piloto da McLaren para esquecer. Apesar de três vitórias, foi apenas o quinto no Mundial. Foto: Getty ImagesNigel Mansell: Não havia nem estreado na F1 quando tinha 26 anos, em 1979. Nessa época ainda estava na F3. Foi só na temporada seguinte que entrou na principal categoria, participando de três corridas. Foto: Getty ImagesGraham Hill: Bicampeão, é outro que nem havia começado na F1 com 26 anos. A estreia aconteceu aos 29, em 1958. O primeiro título, com 33. Foto: Getty ImagesStirling Moss: Talvez principal rival de Fangio, nunca foi campeão. Mas, na temporada em que completou 26 anos, venceu sua primeira corrida . Foto: Getty ImagesSebastian Vettel: tetracampeão e dono de muitos recordes de precocidade. Foto: AP


"Um grande cumprimento e muitos parabéns a Sebastian. Foi um ótimo desempenho dele e de sua equipe, um ano muito legal, ele realmente merece esse quarto título", afirmou Schumacher em uma mensagem publicada em seu site oficial.

Leia mais: Red Bull é multada por comemoração de Vettel na pista do GP da Índia

Getty Images
Sebastian Vettel reverencia seu Red Bull ao comemorar tetracampeonato mundial de F1

Com a vitória, Vettel fez com que a Alemanha desbancasse o Brasil e se tornasse o segundo país com mais conquistas na Fórmula 1. Ao total, junto com os sete títulos de Schumi, são 11 conquistados, atrás apenas da Grã-Bretanha, que tem 14.

Outro tetracampeão da categoria (1985, 1986, 1989 e 1993), Alain Prost também parabenizou o alemão pela conquista e disse que Vettel conseguirá marcas ainda mais impressionantes em sua carreira.

"Estou muito feliz por ver o Sebastian ganhar o título. Ele é um grande piloto e teve algumas vitórias marcantes este ano. Você pode ver que ele é metódico em sua abordagem, constrói uma equipe forte em torno dele, que é 100% motivado para o sucesso e inteiramente focado no resultado final. Ele é um grande campeão e eu não acho que esse ano vai ser o último. Ele tem uma boa equipe ao seu redor, estabilidade com a equipe técnica e com a Renault, e é claro que ainda é jovem o suficiente para lutar por mais", concluiu o francês.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas