Espanhol era único que ainda poderia evitar título antecipado do alemão, mas terminou GP da Índia apenas na 11ª colocação

Fernando Alonso era o único que poderia evitar o tetracampeonato antecipado de Sebastian Vettel no Mundial de Fórmula 1. Mas o espanhol terminou o Grande Prêmio da Índia apenas na 11ª colocação. Pior, ainda viu o alemão da Red Bull vencer a prova, conquistando assim o título. Para o piloto da Ferrari, algo merecido.

LEIA:   "Talvez em 10 anos eu entenda o que fiz", diz Vettel após virar tetra aos 26

"Parabenizo Sebastian Vettel e a Red Bull. Eles foram muito fortes e dominantes, especialmente na segunda metade da temporada e merecem ser campeões. Precisamos começar a pensar sobre o próximo ano para tornar as coisas mais difíceis para eles", afirmou o espanhol.

A corrida de Alonso no circuito de Buddh foi toda ruim. Largando da oitava colocação, ele sofreu um toque ainda na primeira curva e precisou parar nos boxes para trocar a asa dianteira, o que o fez cair para as últimas posições. Sem bom rendimento do carro, teve dificuldades para realizar ultrapassagens e acabou fora da zona de pontuação.

"Não foi uma largada limpa. Tivemos uma prova difícil, sem o ritmo necessário, o carro estava danificado com o volante muito pesado para as curvas à direita e muito leve para as à esquerda. De forma geral, não foi um bom fim de semana. Em Abu Dhabi precisamos melhorar se quisermos passar a Mercedes no Mundial de Construtores", disse Alonso.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.