Diretor da McLaren descarta pressa para ter chefe da Red Bull

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Equipe inglesa acertou contratação de Peter Promodou, atualmente chefe de aerodinâmica na Red Bull, mas vínculo será válido somente a partir de 2015

Bela Szandelszky/ AP
McLaren faz péssima temporada e é apenas a quinta colocada no Mundial de Construtores da F1

A McLaren faz uma péssima temporada em 2013 e já se mexe para voltar ao grupo de elite da Fórmula 1. Recentemente a equipe acertou a contratação de Peter Promodou, atualmente chefe de aerodinâmica na Red Bull. No entanto, o vínculo será válido somente a partir de 2015, o que não causa preocupação no time inglês.

"Peter é um grande cara, e, além disso, é parte essencial de seu time. Eu não posso enxergar qualquer incentivo para a Red Bull liberá-lo mais cedo. Estamos ansiosos para recebê-lo aqui", afirmou Jonathan Neale, diretor da McLaren.

Esta será a segunda passagem de Prodomou pela escuderia de Woking. Ele já trabalhou lá entre 2000 e 2005. Desde que chegou à Red Bull, em 2006, o chefe de aerodinâmica tem trabalhado ao lado do projetista Adrian Newey, com quem triunfou em três mundiais de construtores e segue rumo ao tetracampeonato consecutivo.

"Ficaríamos feliz se ele começasse conosco amanhã, mas respeitamos plenamente a posição da Red Bull, assim como fazemos sempre que estamos recrutando alguém de outra organização", encerrou,  Neale.

Atualmente, a McLaren ocupa a quinta colocação na tabela de classificação do Mundial de Construtores, com 83 pontos. A Red Bull, com 445 pontos, lidera. Entre os pilotos, o inglês Jenson Button soma 60 pontos e aparece somente na nona posição, enquanto o mexicano Sergio Pérez é o 13º, com 23.

Leia tudo sobre: fórmula 1mclarenred bull

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas