Tamanho do texto

A mensagem por rádio da escuderia foi dada na oitava volta, quando o brasileiro era o quinto. Sem dar passagem, Massa continuou na frente de Alonso até a 20ª volta

Felipe Massa, piloto da Ferrari
Clive Rose/Getty Images
Felipe Massa, piloto da Ferrari

Logo nas primeiras voltas do Grande Prêmio do Japão, neste final de semana, Felipe Massa desobedeceu às ordens da Ferrari e não deixou o companheiro Fernando Alonso ultrapassá-lo. Apesar da atitude, Stefano Domenicali, chefe da equipe, preferiu não recriminar Massa e disse que entende a postura do piloto.

Massa se diz despontado com erro e que punição acabou com chances no Japão

"No fim do dia, Fernando o ultrapassou na pista. É claro que Felipe está tentando pilotar o mais rápido possível, e eu entendo o que ele sente. Ele vai encontrar total apoio dentro da equipe até o último dia da temporada, sem problemas", afirmou o dirigente.

A mensagem por rádio da escuderia foi dada na oitava volta, quando Massa era o quinto. Sem dar passagem, o brasileiro continuou na frente do espanhol até a 20ª volta. No final da prova, Alonso foi o quarto, enquanto Massa terminou apenas na décima posição.

Para Alonso, a atitude do companheiro não influenciou em nada o resultado final da equipe. "Estávamos disputando e, independente do que fizéssemos hoje, completaríamos mais ou menos nas mesmas posições, porque não daria para alcançar nada além disso. Não sei exatamente o que aconteceu, mas não há problema", disse o espanhol.

Veja imagens do GP do Japão :


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.