Piloto passou boa parte da corrida em terceiro lugar, mas, com a ajuda da estratégia da Red Bull, atrasou uma troca de pneus e garantiu ultrapassagens e a vitória

Sebastian Vettel venceu o GP do Japão de Fórmula 1 neste domingo. O alemão da Red Bull poderia ter assegurado o título da temporada se Alonso tivesse terminado no máximo em nono lugar - espanhol fechou a corrida em quarto - mas ainda assim comemorou a recuperação durante a prova e a vitória. 

Deixe seu recado e comente com outros leitores


"Fiquei surpreso com a prova hoje. Minha largada foi ruim e acabei entre Lewis e Romain. Toquei um pouco o bico em Lewis e ele teve um pneu furado com isso, mas eu não tinha para onde ir. Depois, tive paciência para economizar os pneus e ter ritmo bom no final para passar Mark e Romain. Foi fantástico", disse o alemão.

Leia mais:  Vettel vence no Japão e precisa apenas de quinto lugar na Índia para ser tetra

O piloto da Red Bull passou boa parte da corrida em Suzuka na terceira colocação e optou por duas paradas nos boxes. Entretanto, por estratégia da equipe, prolongou a permanência na pista e teve compostos mais novos no trecho final da prova, quando garantiu a vitória. 

Vettel venceu a prova japonesa, seguido pelo companheiro de escuderia Mark Webber e por Romain Grosjean, da Lotus. 

O alemão segue perto de faturar o tetracampeonato na Fórmula 1. Com 297 pontos, ele lidera a tabela com 90 de vantagem sobre Alonso a três provas do fim do ano. Para garantir o título no GP da Índia, próxima etapa do calendário, ele precisa apenas de um quinto lugar.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.