Com 22 corridas, FIA divulga calendário provisório para F1 em 2014

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Campeonato seria o maior da história, mas há, no entanto, três provas ainda não confirmadas; abertura será na Austrália e encerramento, no Brasil

Getty Images
Rubens Barrichello ao lado de Michael Schumacher no pódio do GP da Áustria de 2002

A FIA (Federação Internacional de Automobilismo) divulgou nesta sexta-feira o calendário provisório do Mundial de Fórmula 1 para a temporada de Fórmula 1. De forma inédita, o campeonato está previsto para ter 22 corridas.

LEIA: Rubens Barrichello tenta acerto com a Sauber para 2014, diz revista alemã

Conforme a programação apresentada, a próxima temporada terá início em 16 de março, na Austrália. O encerramento será novamente no Brasil, em 30 de novembro. Há, no entanto, três provas não confirmadas. Os GPs da Coreia do Sul, América e México ainda estão pendentes.

Programado para ocorrer já neste ano e cancelado por problemas estruturais, o GP das Américas, em Nova Jersey, novamente aparece no calendário, mas precisará passar por nova avaliação. Já o circuito sul-coreano deve deixar de fazer parte da temporada.

Outra novidade para 2014 seria a corrida em território mexicano, também ainda programada em caráter provisório. O país recebeu etapas da Fórmula 1 em 16 oportunidades, entre 1962-1970 e 1986-1996. Em 28 de maio de 1989, o brasileiro Ayrton Senna venceu a disputa no circuito Hermanos Rodriguez.

País de origem da equipe Red Bull, a Áustria está de volta ao calendário por causa de forte influência da equipe chefiada por Christian Horner. A primeira prova em território austríaco foi disputada em 1964, no circuito de Zeltweg Airfield. Depois de seis anos, a etapa voltou a ser realizada ininterruptamente no Osterreichring até 1987.

Após dez anos de fora, o país retornou à F1 na mesma pista, rebatizada de A1 Ring, sediando provas até 2003. Foi lá que aconteceu a marmelada histórica da Ferrari, em que Rubens Barrichello teve de deixar Michael Schumacher ultrapassá-lo em 2002.

O Brasil não tem nenhum piloto garantido no grid de largada para próxima temporada. Atualmente, Felipe Massa compete pela Ferrari, mas já anunciou que deixará a equipe. A Sauber é uma das opções do piloto, que tem Lotus e McLaren como prioridades. Luiz Razia, Felipe Nasr e até o experiente Rubens Barrichello, de 41 anos, são outros possíveis competidores nacionais.

Confira o calendário provisório da temporada de 2014 da Fórmula 1:

16 de março – Austrália (Melbourne)
30 de março – Malásia (Sepang)
6 de abril – Bahrein (Sakhir)
20 de abril – China (Xangai)
27 de abril – Coreia do Sul (Yeongam) – provisório
11 de maio – Espanha (Barcelona)
25 de maio – Mônaco (Monte Carlo)
1° de junho – América (Nova Jersey) – provisório
8 de junho – Canadá (Montreal)
22 de junho – Áustria (Spielberg)
6 de julho – Inglaterra (Silverstone)
20 de julho – Alemanha (Hockenheim)
27 de julho – Hungria (Budapeste)
24 de agosto – Bélgica (Spa-Francorchamps)
7 de setembro – Itália (Monza)
21 de setembro – Cingapura (Marina Bay)
5 de outubro – Rússia (Sochi)
12 de outubro – Japão (Suzuka)
26 de outubro – Abu Dhabi (Yas Marina)
9 de novembro – Estados Unidos (Austin)
16 de novembro – México (Hermanos Rodriguez) – provisório
30 de novembro – Brasil (Interlagos)

Leia tudo sobre: fórmula 1

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas