Vaiado, Vettel comemora 'melhor pódio da temporada' após vencer na Itália

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Alemão, que ampliou sua vantagem sobre Fernando Alonso para 53 pontos, foi alvo de vaias de torcedores da Ferrari; espanhol admitiu que título ficou difícil

Clive Mason/Getty Images
Vettel comemora vitória no GP da Itália de Fórmula 1, em Monza

Vencedor do Grande Prêmio da Itália, Sebastian Vettel vibrou com o que chamou de "melhor pódio da temporada" de Fórmula 1. O alemão da Red Bull, que foi vaiado ao cruzar a linha de chegada na primeira posição, deixou novamente o ferrarista Fernando Alonso em segundo e ampliou sua vantagem na liderança do Mundial para 53 pontos.

"Este é o melhor pódio da temporada. Estou muito orgulhoso. Tivemos problemas com a caixa de câmbio no final, mas ficou tudo bem porque eu tinha uma boa vantagem. Foi uma vitória fantástica", celebrou Vettel, cada vez mais perto de se tornar o mais jovem tetracampeão da história da F1.

LEIA: Vettel domina o GP da Itália e dispara na liderança do Mundial de Fórmula 1

O alemão da Red Bull afirmou ainda não ligar para as vaias da torcida italiana. Pelo contrário, disse que isso significa que fez um bom trabalho na casa da rival Ferrari.

"Você pode ouviu a diferença quando não ganha aqui com um macacão vermelho, mas isso significa que você foi bem e derrotou os homens de vermelho. Quanto mais vaia nós recebemos, melhor nós fizemos. Não culpo as pessoas, está em seus genes. Eles amam a Ferrari", completou o piloto.

Vettel, Alonso e Webber formaram o pódio do GP da Itália de Fórmula 1. Foto: Luca Bruno/APVettel dá banho de champanhe em Adrian Newey, engenheiro da Red Bull, no pódio em Monza. Foto: Luca Bruno/APVettel e Alonso no pódio do GP da Itália: diferença entre eles na classificação é de 53 pontos. Foto: Luca Bruno/APVettel comemora vitória no GP da Itália de Fórmula 1, em Monza. Foto: Clive Mason/Getty ImagesVettel frita os pneus para manter a liderança na largada em Monza. Foto: Paul Gilham/Getty ImagesLargada do GP da Itália: Felipe Massa salta para a segunda posição. Foto: Paul Gilham/Getty ImagesSergio Perez acerta Kimi Raikkonen na largada do GP da Itália. Foto: Paul GilhamMark Webber e Fernando Alonso duelam por posição no GP da Itália. Foto: Paul Gilham/Getty ImagesPaul di Resta se acidenta no GP da Itália de Fórmula 1. Foto: Alessandro Trovati/AP"Alonso, beba esse Red Bull": torcida ironiza negociação do espanhol com equipe rival da Ferrari. Foto: Luca Bruno/APMcLaren comemora 50 anos na F-1 e membros da equipe posam para fotos em Monza. Foto: Clive Mason/Getty Images

Alonso entrega os pontos

Já Alonso admitiu que não tem como ficar com o título de 2013 em condições normais. Se quiser ser tri, o espanhol sabe que terá que contar com a sorte.

"É uma grande diferença de pontos e não temos corridas suficientes nem velocidade para ganhar corridas consecutivas. Precisamos ter sorte e que Sebastian não termine algumas provas", disse Alonso.

Restam ainda sete corridas para o fim da temporada de F1. O próximo compromisso será em duas semanas, no GP de Singapura. Vettel lidera o Mundial com 222 pontos, contra 169 do rival.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas