Finlandês tem acordo com a escuderia até o fim do ano e tem seu nome cogitado para ocupar vaga de Mark Webber na Red Bull em 2014

Kimi Raikkonen, piloto da Lotus
Getty Images
Kimi Raikkonen, piloto da Lotus

A Lotus se já se mostra preocupada com a possibilidade de perder Kimi Raikkonen. Isso porque os dirigentes da Red Bull já declararam abertamente que gostariam de contar com o finlandês para substituir o australiano Mark Webber, que vai se aposentar ao final da temporada. Para tentar assegurar a permanência do seu piloto, a equipe já declarou que fará uma reunião nesta semana com os empresários para tentar renovar o contrato de Raikkonen.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Campeão da Fórmula 1 em 2007, quando ainda corria pela Ferrari, Raikkonen tem contrato com a Lotus até o fim deste ano. Para mantê-lo, a escuderia aposta no ambiente da equipe e no carro competitivo para a próxima temporada. 

"Conhecemos bem ele, sabemos que ele gosta daqui. Temos que provar que ele terá o pacote que quer como piloto, e acho que ele vai ficar. Existe uma cultura nesta equipe de fazer as coisas corretas, e esta é a mesma cultura que Kimi gosta. Ele é bem tratado aqui, como trataríamos qualquer outro piloto. Acho que isso é uma grande diferença. A equipe tem uma cultura bem humana. Alguém me disse que para o lado humano de Kimi, este é o melhor time. Como piloto, ele tem que decidir", afirmou Gerard Lopez, presidente da equipe.

Eric Boullier, chefe da Lotus, também reforçou que a principal preocupação de Raikkonen é ter chances de brigar pelo título no próximo ano. "Por dois anos seguidos nós diminuímos a diferença para a Red Bull. Ele quer saber se nós vamos continuar assim. Nós estamos discutindo sobre o pacote técnico que teremos", comentou Boullier à BBC .

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.