Fórmula 1 muda regras para cinegrafistas após acidente no GP da Alemanha

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

A partir do GP da Hungria, a movimentação desses profissionais ficará restrita e as imagens serão feitas apenas do pit wall

Srdjan Suki/AP
Cinegrafista é socorrido após ser atingido por roda da Red Bull de Mark Webber

Não demorou muito para a Fórmula 1 agir após o acidente com o cinegrafista Paul Allen, atingido por uma roda que se soltou da Red Bull de Marc Webber durante o GP da Alemanha, no domingo. A partir da próxima etapa do campeonato, o GP da Hungria, a movimentação desses profissionais ficará restrita e as imagens serão feitas apenas do pit wall.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"É algo terrível de se dizer, mas foi apenas uma dessas coisas que acontecem. Havia muitos mecânicos e o pneu poderia ter acertado qualquer um deles. Apenas aconteceu de o cinegrafista estar olhando para o lugar errado, na hora errada. No futuro, nossas equipes vão poder filmar apenas do pit wall", disse o chefe da F1, Bernie Ecclestone, à emissora britânica Sky Sports.

Após ser atingido pela roda solta do carro de Webber, o cinegrafista Allen foi atendido no centro médico do circuito de Nurburgring antes de ser transferido de helicóptero ao Hospital Koblenz. Lá, foi tratado para as fraturas no ombro, nas costelas e uma concussão sofridas pelo impacto do pneu.

Por conta do ocorrido, a equipe Red Bull foi multada em 30 mil euros (cerca de R$ 87 mil) pela FIA.

Leia tudo sobre: Fórmula 1F1GP da Alemanha

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas