Irritado com batida sofrida em Mônaco, piloto finlandês deixou a calma de lado e demonstrou nervosismo com a manobra do mexicano

Kimi Raikkonen ficou irritado com batida de Pérez em Mônaco
Emilio Morenatti/AP
Kimi Raikkonen ficou irritado com batida de Pérez em Mônaco

O finlandês Kimi Raikkonen ficou bastante desapontado com o Grande Prêmio de Mônaco de Fórmula 1. Envolvido em um pequeno acidente com o mexicano Sergio Pérez, da McLaren, na briga pela quinta posição, ele foi obrigado a parar nos boxes para trocar um pneu furado a poucas voltas do fim e não escondeu sua irritação com a manobra agressiva de ultrapassagem.

Leia mais:  Após batida no GP de Mônaco, Felipe Massa faz exames e deixa o hospital

Pérez se envolveu em algumas polêmicas durante a corrida por conta de suas tentativas de ultrapassagem, principalmente com Fernando Alonso e Jenson Button. Perguntado se os outros pilotos conversariam com o jovem mexicano para convencê-lo a rever sua postura, Raikkonen rebateu.

"Isso não vai ajudar. Talvez alguém devesse dar um soco na cara dele", disse o irritado finlandês, que mesmo após o pit stop extra conseguiu impressionante recuperações nas voltas finais e cruzou a linha de chegada na décima colocação, marcando um ponto para a disputa do Mundial.


Com a décima colocação em Mônaco, Raikkonen agora tem 21 pontos de desvantagem para Sebastian Vettel, líder da temporada. Se encerrasse a corrida na quinta colocação, a diferença entre o líder e o vice-líder do campeonato seria de apenas 12.

"Por causa de uma manobra idiota de Sergio perdemos muitos pontos para Sebastian no campeonato e você não pode perder terreno assim. Ele me acertou por trás. Se ele acha que eu entrei na curva muito rápido, obviamente não tem ideia do que está falando. Não é a primeira vez que ele acerta alguém em uma corrida", reclamou o piloto da Lotus.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.