Pneus serão mais rijos e duráveis e começarão a ser usados a partir do GP do Canadá da Fórmula 1, no próximo mês

Reuters

Red Bull pode se beneficiar dos novos pneus, mais rijos e duráveis
Reuters
Red Bull pode se beneficiar dos novos pneus, mais rijos e duráveis

A Red Bull pode se beneficiar dos novos pneus, mais rijos e duráveis, a serem usados a partir do GP do Canadá da Fórmula 1, no mês que vem, reconheceu a fornecedora Pirelli na terça-feira. Contudo, o diretor de automobilismo esportivo da italiana Pirelli, Paul Hembery, disse esperar que isso não venha a ocorrer.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Houve preocupações de algumas equipes de que as mudanças favoreçam uma ou outra equipe, mas achamos que não será o caso", disse ele ao site autosport.com. "Essas mudanças estão sendo feitas para a Pirelli, para ninguém mais. Precisamos obter o equilíbrio correto."

A Red Bull vinha se queixando dos pneus Pirelli, fornecedora exclusiva da Fórmula 1. O proprietário da equipe, o bilionário Dietrich Mateschitz, declarou à imprensa austríaca que a categoria "não tem mais nada a ver com correr", já que os pilotos se queixam de que precisam desacelerar para poupar pneus.

Mercedes e McLaren também enfrentam dificuldades com o atual pneu, ao passo que Ferrari, Lotus e Force India conseguiram trabalhar bem com eles. A Pirelli disse que o novo composto, usando elementos dos pneus de 2012 e 2013, terão melhor durabilidade e desempenho, reduzindo o número de pit stops.

"Não quisemos reagir exageradamente, porque ao fazer isso poderíamos estar ajudando certas equipes", disse Hembery, acrescentando ter a expectativa de que, com uma borracha mais durável, não será possível haver um domínio de uma só equipe, como a Red Bull. "Mas é claro que sempre enfrentamos esse risco."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.