Luís Filipe de Sousa Carreira, de 35 anos, não resistiu aos ferimentos que sofreu após forte batida

Moto de Luís Carreira após o acidente em Macau
AP
Moto de Luís Carreira após o acidente em Macau

O piloto português Luís Filipe de Sousa Carreira morreu nesta quinta-feira (15) após sofrer um grave acidente durante o treino classificatório para o GP de Macau de Motovelocidade. A prova faz parte do evento que tem como atração principal a corrida da F3.

Leia também:  Com GP em Austin, F1 mais uma vez tenta se aproximar do público norte-americano

O acidente com o atleta de 35 anos aconteceu na Curva dos Pescadores. O piloto perdeu o controle de sua moto e bateu com muita força contra as barreiras de proteção. Mesmo tendo sendo atendido prontamente após a batida, Carreira não conseguiu ser reanimado.

Deixe seu recado e comente esta notícia com outros leitores

A direção da prova anunciou a fatalidade pouco depois do acidente. "A Comissão do Grande Prêmio de Macau lamenta informar que Luís Filipe de Sousa Carreira, de Portugal, sucumbiu aos ferimentos resultantes de um acidente ocorrido, esta tarde, na sessão de qualificação”, afirmou o coordenador do evento, Costa Antunes.

Siga o iG Automobilismo no Twitter

Com larga experiência na motovelocidade, Carreira disputava competições internacionais há mais de dez anos e já tinha participado de sete edições do GP de Macau, tendo como melhor resultado um quarto lugar. Em seu currículo também constam participações na Ilha de Man, considerada uma das provas mais perigosas do calendário da motovelocidade.  

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.