Centroavante diz que luta por artilharia fica atrás da vontade de conquistar o bicampeonato estadual

Com 12 gols marcados, o atacante Marcão , do Atlético-GO , está empatado com Roni , do Vila Nova , na artilharia do Campeonato Goiano. Como o time de seu concorrente já foi eliminado, o centroavante terá os dois jogos da final contra o Goiás para poder marcar um gol e obter o feito isoladamente. Entretanto, o atleta garante que a marca individual é menos importante do que o bicampeonato estadual.

"Estou preocupado em vencer o jogo. Independentemente de quem faça o gol, o importante é estar ajudando e vencer. É lógico que eu vou brigar 90 minutos para fazer o gol para ajudar o Atlético. Se eu puder ser o artilheiro sozinho, vou ser. Se for ficar empatado com o Roni, o importante é o Atlético conquistar o objetivo que é ser bicampeão", declarou Marcão.

Para a partida deste domingo, às 16h (horário de Brasília), no Estádio Serra Dourada, o técnico Paulo Cesar Gusmão ainda não definiu quem será o companheiro de Marcão no clássico contra o Goiás. Lutando por esta vaga estão Felipe e Juninho.

"São dois jogadores que dispensam comentários. Independentemente de quem for jogar vai ajudar o Atlético. O treinador é quem escala o time e eu vou estar na espera para saber quem vai ser o titular", explicou o atacante.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.