Alfredo Ibiapina se irritou com uma expulsão no jogo e agora pode sofrer uma punição do Supremo Tribunal de Justiça Desportiva

O árbitro Marcelo de Lima Henrique não deixou barato a invasão de campo e as ofensas do diretor de futebol do Atlético-PR , Alfredo Ibiapina. O juiz registrou os fatos na súmula da partida com o Palmeiras , e o dirigente pode sofrer uma punição do Supremo Tribunal de Justiça Desportiva.

"Ao término do primeiro tempo, o senhor Alfredo Ibiapina, diretor do Atlético-PR, invadiu o campo de jogo e dirigiu-se a mim, referindo-se as seguintes palavras: 'Safado, você está roubando o Atlético, nunca mais apita aqui, seu ladrão, filho da p...'. Sendo contido e retirado pelo policiamento", relatou.

A principal reclamação do Atlético-PR com a arbitragem é em relação à expulsão do meia Cléber Santana, que recebeu o cartão amarelo após aplaudir ironicamente o árbitro pela marcação de uma falta. O lance aconteceu aos 35 minutos do primeiro tempo, pouco depois do gol de empate do Atlético.

Na súmula, ainda foi registrado o momento que Ibiapina teve que ser retirado do banco de reservas, e também quando o ele foi achado pelo árbitro atrás de um dos gols, em meio aos jornalistas, e precisou deixar o gramado novamente com a ajuda do policiamento.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.