Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Após 11 anos, Ronaldinho reencontra Luxa, que o chamou de "gordo"

Técnico foi o primeiro a convocar o jogador para a seleção. Em 2000, disse que ele estava acima do peso

Paulo Passos, iG São Paulo |

Para a história, Luxemburgo ficará como o primeiro técnico a chamar Ronaldinho Gaúcho para a seleção brasileira. O treinador e o novo reforço do Flamengo também viveram momentos tensos na carreira. Menos de um ano após convocar a então revelação do Grêmio, Luxemburgo se envolveu em uma polêmica ao chamá-lo de gordo.

O sobrepeso de Ronaldinho, que tinha 20 anos, foi o argumento usado pelo técnico para colocar o meia-atacante no banco de reservas. O caso aconteceu em abril de 2000, antes do jogo da seleção brasileira contra Equador, em São Paulo, pelas eliminatórias da Copa do Mundo. Na época, ele pesava 75 quilos, segundo o Grêmio. Atualmente, de acordo com o site oficial do Milan, o jogador tem 80 quilos.

"Isso pode ser uma coisa natural. Mas, no momento, está atrapalhando. Sentimos no treino que ele perdeu mobilidade", afirmou Luxemburgo, na época, um dia antes da partida. Para o lugar de Ronaldinho, escalou o atacante Amoroso.

O Brasil até venceu o jogo por 3 a 2, mas a explicação de Luxemburgo para sacar o astro gerou uma crise. Ronaldinho e o Grêmio, seu clube na época, ficaram indignados. Antonio Lopes, então técnico do time gaúcho, criticou publicamente Vanderlei Luxemburgo, negando que o jogador estivesse acima do peso.

“Ele realmente estava mais gordo. Nós fazíamos um controle durante cada convocação e ele estava com dois ou três quilos acima do peso. O Vanderlei ficou muito brabo”, revela ao iG, Candinho, que era auxiliar-técnico da seleção.

“Não acho que foi desleixo. Ele teve uma folga grande antes de se apresentar e acabou se excedendo. Sanduiche, churrasco, refrigerante, coisa de garoto”, afirma. “Foi só um problema daquele jogo, depois ele voltou a ser titular. Fomos nós que chamamos ele pela primeira vez para a seleção”, completa.

Candinho se refere à primeira convocação de Ronaldinho para a seleção, em 1999. Com 19 anos, ele foi chamado na última hora para a Copa América no Paraguai, após Edilson ser cortado. O ex-atacante corintiano havia se envolvido uma briga na final do Campeonato Paulista, após provocar os jogadores do Palmeiras fazendo embaixadinhas.

Na partida contra a Venezuela, Luxemburgo colocou o jogador de 19 anos, que fez um golaço após dar um chapéu no marcador. Desde então, ele passou a ser convocado pelo técnico.

Rivais na Espanha

Getty Images
Com atuação de gala de Ronaldinho, Barça derrotou Real e deixou Luxemburgo próximo da queda
Há mais de 10 anos, quando Luxemburgo foi demitido da seleção brasileiro após a Olimpíada de Sidney, eles nunca mais trabalharam juntos. Em 2005, estiveram próximos, mas em lados opostos na Espanha.

Ronaldinho começava a passagem de sucesso no Barcelona e Vanderlei tentava vingar como técnico na Europa. O que não conseguiu, muito por conta do meia-atacante. Uma derrota por 3 a 0 para o Barça, em Madri, com atuação de gala do camisa 10 do clube catalão deixou o treinador sob pressão no cargo. Três rodadas depois, ele acabou sendo demitido.
 

Leia tudo sobre: Ronaldinho GaúchoFlamengoLuxemburgo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG