Clube sonda Ávine, mas Bahia está disposto a liberar o jogador em definitivo, não por empréstimo

Em negociações com o lateral-esquerdo Kleber , que está de saída do Internacional , a diretoria do Vasco espera definir o mais rápido possível a contratação de um reforço para o setor, considerado o mais carente pela comissão técnica neste momento. A ideia é que um nome já chegue em condições de assumir a posição, que em 2011 teve o volante Jumar atuando de maneira improvisada em diversas ocasiões.

Mesmo tendo sinais de que Kleber tem boas chances de defender o Vasco em 2012, o diretor-executivo Rodrigo Caetano está no mercado e faz algumas sondagens. Ávine , que se destacou pelo Bahia no Brasileiro deste ano, foi procurado, mas o clube baiano só aceita liberá-lo em definitivo e não por empréstimo, como é o desejo o dirigente cruzmaltino.

Ávine é uma das opções para a lateral vascaína
AE
Ávine é uma das opções para a lateral vascaína
Atualmente, o Vasco conta em seu elenco com Márcio Careca e Julinho, este contratado do Avaí após se destacar na Copa do Brasil. Porém, nenhum dos dois conseguiu cair nas graças da comissão técnica e da torcida. O primeiro, inclusive, deverá ser incluído em alguma negociação, pois é visto apenas como moeda de troca em São Januário. Já Julinho ganhará novas oportunidades, mas servirá apenas para compor o elenco.

Siga o Twitter do iG Vasco e receba notícias do time em tempo real

A ideia da comissão técnica é ter o elenco fechado no início do ano, quando começa a pré-temporada. Ao contrário da maioria dos clubes envolvidos na disputa da Copa Libertadores, o Vasco não cogita a possibilidade, por enquanto, de preservar titulares na Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca. Isso porque, no Estadual, o clube vive o maior jejum entre os grandes, sem ganhar desde 2003.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.