Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Adversário do Inter, Wilstermann não vence brasileiro há 37 anos

Escalação titular deverá ter apenas dois jogadores bolivianos. São quatro argentinos e três brasileiros

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

1974, o Inter não tinha nenhum dos três títulos brasileiros, nenhuma das duas conquistas da Libertadores e muito menos um título Mundial. Foi neste ano a última e única vez que o Jorge Wilstermann, adversário da noite desta quarta-feira, conseguiu vencer um time brasileiro pela Libertadores.

Em abril daquele ano, no mesmo estádio Félix Capriles, o Wilstermann venceu o Palmeiras por 1 a 0. De lá para cá, foram só insucessos. Ainda em 1974 os bolivianos perderiam duas vezes para o São Paulo e uma vez para o Palmeiras.

Em 1981 foi o Flamengo que derrotou duas vezes o Wilsterman. O Corinthians eliminou os bolivianos nas oitavas-de-final de 1999. Um empate fora de casa e uma goleada em São Paulo. O Santos foi o último a jogar em Cochabamba: Fez 3 a 2 lá e aplicou 5 a 0 na Vila Belmiro. O retrospecto do Wilstermann é de 10 jogos, 1 vitória, 1 empate e 8 derrotas.

O time atual tem uma cara mais argentina. Devido a uma parceria com uma empresa do país vizinho o clube tem o técnico e 8 jogadores da mesma nacionalidade de D´Alessandro. A escalação na noite desta quarta-feira deve ter: Mauro Machado; Lucas Fernández, Juan Ignacio Brown, Juccelio Donizette, e Juan Carlos Ojeda; Ezequiel Abregú, Cristian Machado, Víctor Hugo Melgar, e Luis García Uribe; Jesús Toscanini e Fabio Mineiro. 4 argentinos, 3 brasileiros, 2 bolivianos, 1 peruano e 1 uruguaio.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG