Rocío Oliva é acusada pelo ex-jogador de ter roubado relógios, joias e um computador quando moravam nos Emirados Árabes

Maradona e Rocío Oliva em foto de 2013
Reprodução
Maradona e Rocío Oliva em foto de 2013

A polícia de Buenos Aires prendeu, na noite de quarta-feira, Rocío Oliva, de 22 anos, ex-namorada de Diego Maradona. Ela estava no Brasil para acompanhar a Copa do Mundo e é acusada pelo ex-jogador de ter-lhe roubado relógios, joias e um computador.

Maradona e Rocío moraram juntos nos Emirados Árabes Unidos, de onde ela teria saído com os bens do ex-jogador. Na ocasião, a pedido de Maradona, foi emitida uma ordem de captura internacional contra a jovem, que agora foi detida pela Interpol quando desembarcou no aeroporto internacional de Ezeiza, em Buenos Aires.

Agora, a jovem ficará da Justiça argentina para análise da questão. Se for considerada culpada, pode até ser extraditada para Dubai, onde foi instaurada a ação.

Maradona e Rocío Oliva assumiram o namoro em fevereiro de 2013 e anunciaram o noivado um ano depois. O casamento estava marcado até abril de 2014, quando o ex-craque se traído e roubado e acabou com o relacionamento.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.