Meia-atacante do Atlético-MG carregará a braçadeira de capitão no amistoso desta quarta-feira contra o Chile, no Mineirão

O técnico Luiz Felipe Scolari afirmou nesta terça-feira que não está totalmente descartada a hipótese de convocar Ronaldinho Gaúcho e Kaká juntos. No entanto, neste momento, o treinador não acha possível conciliar os dois experientes jogadores e reconhece que o meia do Real Madrid está em desvantagem na disputa.

"O Ronaldinho leva vantagem agora porque jogou contra a Bolívia e também porque vai jogar novamente contra o Chile. Ele está jogando assiduamente, enquanto o Kaká tem mais dificuldade", afirmou.

Desde que reassumiu a seleção, Felipão convocou os dois jogadores em momentos distintos. Para a Copa das Confederações, o técnico deixa claro que só há espaço para um deles, com Ronaldinho Gaúcho tendo mais chance, até porque o ‘concorrente’ amarga o banco de reservas no clube madrileno.

"Nunca afirmei que não poderei convocar e colocar em campo um dia (os dois juntos), mas tenho de estar plenamente de acordo, com os dois estando da forma que desejo", acrescentou.

O meia-atacante do Atlético-MG carregará a braçadeira de capitão no amistoso no Mineirão e, nesta terça, tratou com naturalidade sua disputa com Kaká, citando sua amizade com o jogador do Real.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.