Rodrigo Caio valoriza insistência após primeiro gol como profissional

Por Gazeta |

compartilhe

Tamanho do texto

"Estou muito feliz. O gol estava batendo na trave, mas, graças a Deus, fui coroado", avaliou o jovem atleta, que atuou improvisado na lateral direita

Site oficial
Rodrigo Caio comemora seu gol pelo São Paulo

O gol que deu ao São Paulo a vitória por 2 a 1 sobre o São Bernardo, nesta quarta-feira, foi o primeiro de Rodrigo Caio em 35 partidas como profissional. Foi com felicidade dobrada, portanto, que ele deixou o Estádio 1º de Maio.

"Estou muito feliz. O gol estava batendo na trave, mas, graças a Deus, fui coroado", disse o volante de 19 anos, que atuou improvisado de lateral direito.

A jogada que terminou na rede saiu aos 36 minutos do segundo tempo. Depois de virar o intervalo empatando - graças a gol contra do volante Denilson -, Thiago Carleto cruzou na medida para Rodrigo Caio saltar, cabecear a bola e vazar a meta adversária.

O gol, claro, deixou Rodrigo Caio em evidência. Mesmo sem ele, entretanto, o volante já mereceria destaque, na opinião do técnico Ney Franco, que o escalou entre os 11 iniciais pela quarta vez nos últimos cinco jogos da temporada.

"Ele vem em uma sequência muito boa. É o quarto jogo em que ele se mantém na equipe. Jogou hoje (quarta-feira) porque realmente está jogando muito bem, não porque falta lateral. Ele se encaixou ali", elogiou o treinador, lembrando ter como opção o lateral de ofício Douglas.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas