Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Goleiro do Atlético-PR confessa vício em cocaína depois de cair no doping

Rodolfo assumiu que é viciado na droga e disse que clube paranaense está ajudando no tratamento

Gazeta |

Divulgação
Goleiro Rodolfo será julgado e pode pegar pena de dois anos

O goleiro Rodolfo vive um drama em sua carreira depois de ter sido pego no exame antidoping por uso de cocaína. Em entrevista coletiva, o jogador do Atlético-PR assumiu que é viciado na droga e que está recebendo apoio do clube paranaense em sua recuperação.

Leia também: Portuguesa anuncia contratação de atacante do Atlético-PR

Rodolfo aguarda o julgamento de seu caso pelo STJD, mas confirmou que será internado em uma clínica de reabilitação para tratamento. "Realmente sou viciado, mas eu vou procurar me tratar. O Atlético-PR está me ajudando bastante e eu vou dar o meu máximo para sair desta situação", finalizou.

Cirurgia
O atacante Bruno Furlan, autor do gol da vitória do Atlético-PR no meio de semana, pisou em falso e sofreu uma grave lesão no joelho, que o levará para a mesa de operação e, em tese, o tira da disputa até o final da competição.

O jogador teve uma ruptura do ligamento cruzado anterior e lesão do menisco, conforme confirmou o Marcelo Abagge, sem projetar, no entanto, um período para seu retorno, que deve ser de quatro a seis meses. "Realizamos uma ressonância magnética, que comprovou a lesão. Então o jogador vai precisar fazer uma cirurgia e deverá ficar algum tempo afastado dos gramados", disse.

Apesar de delicada, o procedimento cirúrgico é simples e não deve deixar sequelas no atleta. "É uma lesão que afasta o jogador por um tempo maior dos gramados, mas que o atleta tem perfeitas chances de uma recuperação absoluta e completa para retorno pleno à sua função", concluiu o médico rubro-negro.

Leia tudo sobre: genetrodolfobruno furlanatlético-prcirurgiacocaínaSérie B 2012

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG