Atacante ficou irritado com lance no empate de 0 a 0 com o Atlético-MG, que segue na liderança

Em contra-ataque rápido aos 42 minutos do segundo tempo, Fred recebeu passe, driblou o goleiro Victor, estufou as redes e saiu comemorando. Com a bola já dentro do gol, o auxiliar Vicente Romano Neto levantou a bandeira assinalando impedimento e anulando o gol que daria ao Fluminense a vitória sobre o Atlético-MG .

Em posição legal no momento do lance, Fred não aprovou o empate por 0 a 0, neste domingo, no Engenhão. Sobrou para a arbitragem, que recebeu duras criticas de todo elenco.

Leia mais: Fluminense só empata com o Atlético-MG e pede a chance de encostar

"Se ganha do Atlético-MG , nós ficamos no bolo, a dois pontos. E agora como faz? Eu fiz a p... do gol, é brincadeira, cara", protestou o capitão do Fluminense depois de balançar as redes do Galo e reclamar veementemente com o bandeira.

Veja a classificação atualizada do Campeonato Brasileiro

Todos os companheiros reforçaram o discurso de Fred , assim como o técnico Abel Braga , que garantiu que o gol teve influência direta no resultado da partida.

"Ficamos a semana inteira trabalhando para isso aí, é brincadeira de mau gosto. Na hora do lance eu não estaria em impedimento, aí o bandeira esperou eu driblar o goleiro, o que demora uns cinco segundos para fazer, vê a bola balançar e aí invalida o gol. São complicadas essas coisas no futebol", bradou o capitão do Fluminense, agora a seis pontos do líder Atlético-MG na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro.

O meio-campista Deco também reclamou a respeito da demora de Vicente Romano Neto para invalidar o lance: "O árbitro deu o gol e o bandeira também, porque esperou a jogada seguir e só depois que levantou. Se estava mesmo impedido tem que marcar antes, não tem que correr para o meio como fez o árbitro".

Após o empate sem gols diante do Galo, Deco já planeja a sequência da competição: "Deixamos dois pontos aqui e temos que reagir fora de casa, vencer e manter essa sequência boa de atuações. Foi um jogo aberto, interessante".

No próximo domingo, às 16 horas (de Brasília), o Fluminense visita o Coritiba no Couto Pereira, para diminuir a diferença em relação ao líder Atlético-MG.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.