Meia chega ao clube pernambucano otimista e diz que time tem condição de buscar vaga na Libertadores 2013

Os dirigentes do Sport se surpreenderam quando olharam o papel que firma o vínculo de Hugo com o clube. Abaixo de sua assinatura, o meia resolveu escrever uma mensagem à torcida: "Vamos Leão rumo à Libertadores. Estou chegando!". O discurso otimista e ambicioso prosseguiu na apresentação do jogador, na tarde desta terça-feira.

Leia também:  De Forlán a Riquelme, Brasileirão ainda pode receber muitas caras novas

Hugo vestiu a camisa do Sport e mostrou otimismo com o time no Brasileirão
Divulgação
Hugo vestiu a camisa do Sport e mostrou otimismo com o time no Brasileirão

"Não chego aqui para brigar contra o rebaixamento. O Sport é um clube grande e tem que sonhar mais alto. E pode isso pela estrutura e pelo elenco que está montando. Chego aqui querendo atingir pelo menos uma das vagas na Libertadores. Meu objetivo é ficar entre os quatro melhores colocados neste Brasileirão", avisou o jogador.

No Sport, Hugo quer dar sequência à carreira vitoriosa que alcançou enquanto esteve no Brasil. Antes de passar dois anos no Al-Wahda, o meia conquistou três campeonatos brasileiros (um pelo Corinthians e dois pelo São Paulo), além de dois campeonatos gaúchos com a camisa do Grêmio. Apesar de agora estar em um time de menor expressão, o jogador espera pela mesma pressão.

"Ontem (segunda-feira) fui jantar em um restaurante perto do hotel e fui abordado por vários torcedores me apoiando e me desejando boa sorte. Um clube que tem uma torcida como essa não pode pensar pequeno e ficar querendo apenas fugir do rebaixamento", declarou.

Tanto por problemas envolvendo documentos, quanto por questões físicas, ainda não há uma data estipulada pela estreia de Hugo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.